22:18 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1266
    Nos siga no

    O Comando do Teatro Ocidental do Exército de Libertação Popular (ELP) da China introduziu mais exercícios noturnos para as unidades estacionadas perto da fronteira do Himalaia, dado que pretende familiarizar suas tropas com armas e equipamentos de nova geração.

    Desde o início do outono no Hemisfério Norte, várias forças no distrito militar de Xinjiang têm realizado exercícios de combate noturnos em altitudes de cerca de 5.000 metros, de acordo com o jornal militar PLA Daily.

    "Revisamos nossos horários e exigimos que os soldados atendam a padrões mais elevados de treinamento em altas altitudes, porque precisamos lidar com um ambiente de campo de batalha mais hostil em meio aos desafios crescentes nas regiões periféricas", disse Yang Yang, comandante de uma companhia.

    Yang afirmou que sua força mecanizada tem atravessado as montanhas nevadas sem luzes e praticado exercícios noturnos com fogo real de metralhadoras.

    O relato informa que novos sistemas de lançadores múltiplos de foguetes autopropulsados Type PHL-11 de 122 milímetros foram implantados na região e estão sendo usados para exercícios de ataque de precisão.

    Zhou Chenming, pesquisador do Instituto de Ciência e Tecnologia Militar Yuan Wang em Pequim, disse que os morteiros autopropulsados têm alcance de até 50 quilômetros e podem destruir uma posição de artilharia em segundos, de acordo com South China Morning Post.

    "A substituição de sistemas de armas e equipamentos no Comando do Teatro Ocidental foi acelerada nos últimos anos, graças às tensões com a Índia por disputas fronteiriças", conforme Zhou.

    Song Zhongping, ex-instrutor do ELP, afirmou que quase todos os caças J-7 da velha geração do Comando do Teatro Ocidental foram substituídos por caças avançados multifuncionais J-16.

    Mais:

    Força Aérea dos EUA revela condições para levantar proibição de décadas a exportações de F-22 Raptor
    Pentágono avisa Europa que Rússia poderá apresentar maiores desafios a curto prazo do que a China
    'Dissuasão nuclear é essencial para nossa segurança': EUA testam mísseis Trident II (FOTOS)
    China mobiliza forças aéreas e navais para monitorar destróier dos EUA no estreito de Taiwan
    Tags:
    China, Himalaia, ELP, militares, exercício, lançador de foguete
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar