10:46 18 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0111
    Nos siga no

    Um bombardeiro furtivo B-2 Spirit voou recentemente sobre o oceano Atlântico, acompanhado de um caça F-15 e de um Eurofighter Typhoon da Força Aérea Real, durante treinamento da OTAN.

    Na terça-feira (14), a Força Aérea dos EUA confirmou que um bombardeiro B-2 Spirit ficou danificado após realizar um pouso de emergência na pista da Base da Força Aérea de Whiteman, no Missouri.

    O episódio ocorreu após a aeronave apresentar um mau funcionamento durante a missão.

    B-2 Spirit (imagem referencial)
    © AP Photo / John Antczak
    B-2 Spirit (imagem referencial)

    A aeronave foi danificada enquanto tentava realizar um pouso de emergência em meio a uma missão de treinamento de rotina na manhã de terça-feira (14), segundo comunicado do Comando de Ataque Global da Força Aérea, citado pelo portal The Drive.

    "Ninguém ficou ferido e não houve incêndio associado com o pouso", detalhou.

    A gravidade dos danos ainda é desconhecida, já que nenhum detalhe foi fornecido sobre o evento, que está sob investigação militar.

    A Administração Federal de Aviação restringiu a área imediatamente.

    O incidente ocorreu poucos dias depois de um B-2 Spirit ter sido avistado durante uma missão de treinamento com aliados britânicos no mar do Norte.

    Mais:

    Força Aérea dos EUA conclui testes de munições inteligentes que operam em colaboração
    Novas falhas e custo elevado: Boeing e Força Aérea dos EUA tentam tratar deficiências do KC-46
    Completada construção de 2 primeiros bombardeiros furtivos B-21 dos EUA, revela Força Aérea
    Tags:
    Bombardeiro, bombardeiros, bombardeiro estratégico, EUA, Força Aérea, Força Aérea dos EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar