08:15 27 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    8516
    Nos siga no

    No domingo (12), o Comando do Indo-Pacífico dos EUA comunicou que está "ciente" dos relatos sobre os testes de um novo tipo de míssil de cruzeiro de longo alcance da Coreia do Norte.

    "Continuaremos monitorando a situação e estamos consultando de perto nossos aliados e parceiros. Esta atividade destaca o foco contínuo da Coreia do Norte no desenvolvimento de seu programa militar e as ameaças que representa para seus vizinhos e comunidade internacional", observaram os militares.

    "O compromisso dos EUA com a defesa da Coreia do Sul e Japão permanece inamovível", adicionou o Comando do Indo-Pacífico dos EUA.

    Os mísseis percorreram 1.500 quilômetros no ar antes de alcançar seus alvos e cair em águas territoriais da Coreia do Norte durante os testes realizados no final de semana.

    Os lançamentos dessa "arma estratégica de grande importância" ocorreram após dois anos de pesquisa.

    A agência de notícias KCNA sublinhou "a importância estratégica de possuir outro meio de dissuasão eficaz para garantir de maneira mais confiável a segurança do Estado e conter fortemente as manobras militares das forças hostis".

    Mais:

    Governo do Talibã tem 'mãos manchadas de sangue de norte-americanos', diz fonte do Pentágono
    Pentágono alerta para 'ameaça séria' após Pequim reforçar regras marítimas para navios estrangeiros
    Com o fim da guerra no Afeganistão, Pentágono recebe incentivo de US$ 24 bilhões
    Tags:
    Pentágono, EUA, Coreia do Norte, míssil, ameaça, aliados
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar