15:32 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2109
    Nos siga no

    Taiwan assinou um acordo com os Estados Unidos no valor de US$ 343 milhões (R$ 1,76 bilhão) para comprar seis cápsulas de reconhecimento MS-110 e o equipamento relacionado para aumentar a vigilância de seus territórios.

    Nesta quarta-feira (23), o Ministério da Defesa de Taiwan revelou o acordo fechado pela missão da entidade nos EUA e o Instituto Americano em Taiwan, que representa os interesses norte-americanos na ausência de relações formais.

    Segundo o contrato divulgado, o acordo foi fechado em 7 de julho. As cápsulas MS-110 serão entregues na cidade de Hualien, no leste de Taiwan, onde a Força Aérea da ilha baseia seu esquadrão de F-16.

    O equipamento MS-110 é uma cápsula de reconhecimento multiespectral montada em aeronave para capturar imagens e obter dados de inteligência a longa distância. Taiwan compra as cápsulas para as usar em caças F-16.

    O acordo foi aprovado pelo Departamento de Estado dos EUA em outubro. O contrato inclui seis cápsulas MS-110, três estações terrestres transportáveis, uma estação terrestre fixa, peças de reposição e de reparação, apoio logístico e de sistemas, equipamento de treinamento e formação do pessoal.

    O Departamento de Estado norte-americano afirmou que a aquisição ajudaria a melhorar a capacidade de Taiwan para "enfrentar as ameaças atuais e futuras, fornecendo capacidades de reconhecimento, vigilância e inteligência oportunas para sua segurança e defesa".

    Além disso, o departamento dos EUA disse que o reforço da capacidade serviria para resistir às ameaças regionais e ajudaria a reforçar a autodefesa da ilha.

    Mais:

    Tanto Austrália quanto EUA teriam poucas chances em guerra contra China, diz ex-general australiano
    Ministro russo: é difícil encontrar um lugar onde EUA tenham deixado boas consequências
    Pouso de avião dos EUA em Taiwan é provocação e não deve se tornar rotina, dizem analistas chineses
    Londres quer 'mostrar músculos' enviando navios de guerra para Indo-Pacífico, diz Pequim
    EUA revelam aumento drástico de aviões russos perto do Alasca, sendo recorde desde Guerra Fria
    Tags:
    Taiwan, EUA, Estados Unidos, caça, China, ameaça
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar