05:57 03 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3624
    Nos siga no

    Israel tem regularmente expressado suas preocupações relativamente à atividade nuclear do Irã, alegando que Teerã busca desenvolver armas nucleares.

    Altos funcionários iranianos têm descartado tais acusações, dizendo que a República Islâmica usa energia nuclear apenas para fins pacíficos.

    Nesta quarta-feira (14), durante seu discurso na cerimônia de formatura no Colégio de Defesa Nacional de Israel, o ministro da Defesa israelense Benny Gantz exortou o governo a realizar preparativos mais intensos para um cenário em que o Irã obtém armas nucleares.

    "Contra a maior ameaça – a obtenção de armamento nuclear pelo Irã – não temos escolha a não ser expandir o desenvolvimento de nossa força, continuar a confiar em nosso capital humano e a adaptar nossas capacidades e nossos planos", afirmou Gantz, citado pelo jornal The Times of Israel.
    Presidente iraniano, Hassan Rouhani, segundo da direita e chefe da Organização de Energia Atômica do Irã, Ali Akbar Salehi, visitam usina nuclear iraniana em Teerã, 11 de abril de 2021
    © AP Photo / Gabinete Presidencial do Irã
    Presidente iraniano, Hassan Rouhani, segundo da direita e chefe da Organização de Energia Atômica do Irã, Ali Akbar Salehi, visitam usina nuclear iraniana em Teerã, 11 de abril de 2021

    Ele instou o governo a permitir aos serviços especiais "manter a superioridade militar", presumivelmente referindo-se a recentes relatos, segundo os quais as Forças de Defesa de Israel tinham solicitado o aumento de gastos militares, principalmente com o propósito de se prepararem para um ataque contra o programa nuclear do Irã.

    "Todas essas ameaças exigem que aceleremos e aumentemos nossa prontidão para cumprir nossa missão com [...] ações e não nos deixemos ficar apenas pelas palavras", ressaltou ministro da Defesa.

    No final de junho foi relatado que o chefe do Estado-Maior de Israel, tenente-general Aviv Kochavi, teria ordenado a várias de suas unidades para acelerarem preparações para um possível conflito com a República Islâmica.

    Tel Aviv tem constantemente acusado Teerã de tentar obter armas nucleares, apesar de o Irã apontar reiteradamente para o caráter pacífico de seu programa nuclear.

    Mais:

    Assassinato do general Qassem Soleimani 'foi dirigido pelos sionistas', diz presidente iraniano
    Chefe do IRGC: 'Bolha de segurança' de Israel 'arrebentou' após uma série de incidentes misteriosos
    EUA e Israel acordam criar frente para conter avanço militar do Irã, informa mídia
    Tags:
    Irã, armas nucleares, Israel, programa nuclear iraniano
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar