08:25 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    8534
    Nos siga no

    Washington revelou ter oficializado a venda de mais material militar à Ucrânia, que inclui radares antiartilharia, veículos aéreos não tripulados e comunicações seguras.

    Washington enviará à Ucrânia outro pacote de ajuda militar de US$ 150 milhões (aproximadamente R$ 768,5 milhões), que inclui radares antiartilharia e drones, anunciou John Kirby, porta-voz do Pentágono, nesta sexta-feira (11).

    "Hoje o Departamento [de Defesa dos EUA] anuncia um novo pacote de US$ 150 milhões como parte da iniciativa de assistência de segurança da Ucrânia para ajudar as forças ucranianas a preservar a integridade territorial de seu país, e melhorar a interoperabilidade com a OTAN", disse o porta-voz durante um briefing aos repórteres.

    A venda inclui capacidades tais como dois radares antiartilharia, alguns veículos aéreos não tripulados e comunicações seguras.

    "Ele complementará o pacote de US$ 125 milhões (R$ 640,4 milhões) anunciado em março", comentou Kirby, acrescentando que os EUA continuariam fornecendo assistência de segurança à Ucrânia, incluindo armas letais.

    A Ucrânia tem desde 2014 tentado integração com a União Europeia e o bloco ocidental, inclusive uma entrada na OTAN. Philip Reeker, secretário de Estado adjunto dos EUA para Assuntos Europeus e Eurasiáticos, disse em 30 de abril que Washington tem interesse no assunto, mas espera que Kiev cumpra as normas necessárias para isso acontecer.

    Mais:

    Ucrânia recebe ajuda do Reino Unido para construção de navios de guerra, diz mídia
    Aumento de tropas da OTAN na Ucrânia exigirá 'medidas adicionais' da parte russa, diz Kremlin
    Estados Unidos entregam poderosas lanchas à Marinha da Ucrânia
    Tags:
    EUA, Pentágono, Departamento de Defesa dos EUA, OTAN
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar