10:15 23 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    31510
    Nos siga no

    O Exército dos EUA planeja interromper os trabalhos de pesquisa e desenvolvimento de um canhão que seria capaz de atingir alvos a mais de 1.600 quilômetros.

    Entretanto, os EUA têm outros planos, e pretendem mover os fundos em outras áreas para ajudar a aperfeiçoar diversas outras tecnologias, segundo o portal The Drive.

    O programa do Canhão Estratégico de Longo Alcance (SLRC, na sigla em inglês) foi incluído na proposta de orçamento para o ano fiscal de 2022 que foi apresentada no dia 28 de maio de 2021.

    Contudo, o projeto do canhão foi considerado complexo e dispendioso demais e, por isso, o dinheiro foi transferido para outras tecnologias.

    Ao invés de financiar o SLRC, os militares solicitaram um pouco mais de US$ 72,6 milhões (R$ 366 milhões) para o "planejamento da iniciativa de avanço tecnológico para criar protótipos de supersistemas e produtos tecnológicos".

    O SLRC estava sendo projetado como uma arma rebocada por um veículo pesado. Seu grande alcance poderia ser usado para atingir inimigos contornando suas defesas marítimas e aéreas. Além disso, ele poderia ser instalado em novas classes de navios de guerra, permitindo a estes alcançar alvos a distâncias nunca antes vistas.

    Mais:

    Netanyahu diz que Bennett não será capaz de resistir à pressão dos EUA por acordo nuclear
    Em busca de independência mineira da China: especialistas avisam sobre consequências para EUA e UE
    Marinha dos EUA mobiliza 1/3 de frota submarina do Pacífico em grande exercício naval (FOTOS)
    Tags:
    Exército, orçamento militar, orçamento, eua, canhão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar