13:59 16 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2290
    Nos siga no

    Radares russos detectaram aeronave de reconhecimento Falcon 20 das Forças Armadas da Noruega próximo de fronteira da Rússia, ocasionando, assim, sua posterior interceptação.

    O evento se deu no mar de Barents, ao passo que, para a missão de interceptação, foi enviado um caça MiG-31.

    A informação foi passada por comunicado do Centro Nacional de Gestão da Defesa da Rússia que disse:

    "Em 7 de abril de 2021, foi detectado pelos meios de controle do espaço aéreo russos sobre o território da Noruega um objeto voador que se aproximava da fronteira da Rússia. Para identificar o objeto e evitar a violação da fronteira russa, foi levantado ao ar um caça MiG-31 da composição em plantão da Frota do Norte."

    Ainda segundo o centro, trata-se de uma aeronave de inteligência da Noruega, país-membro da OTAN.

    Aeronave Falcon DA-20 sendo escoltada por caças F-16 noruegueses (foto de arquivo)
    Jonathan Nackstrand
    Aeronave Falcon DA-20 sendo escoltada por caças F-16 noruegueses (foto de arquivo)
    "A tripulação do caça russo identificou o objeto voador como sendo um avião de reconhecimento por rádio e guerra radioeletrônica Falcon 20 da Força Aérea da Noruega e o acompanhou sobre o mar de Barents."

    Também foi informado que a aeronave mudou de curso, voltando para sua base.

    Voos constantes

    O evento se dá após grande concentração de aeronaves de países da OTAN, muitas delas de inteligência, voando próximo de regiões da Rússia, em especial na área do mar Negro.

    Tais operações são exercidas por aeronaves de combate, aviões de inteligência e reconhecimento e veículos aéreos não tripulados.

    Mais:

    OTAN diz que ajudará Ucrânia a fortalecer suas Forças Armadas
    Ameaça a 'democracias ocidentais': Bolton adverte Noruega contra acordo de livre comércio com China
    MiG-31 russo intercepta avião 'intruso' durante treinamento no Ártico (VÍDEO)
    Tags:
    Rússia, Forças Armadas da Noruega, OTAN, MiG-31
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar