23:08 08 Março 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    734
    Nos siga no

    Os elevados custos do ciclo de vida do caça de quinta geração F-35 não permitem que a Força Aérea norte-americana o compre em grande quantidade, segundo o portal Breaking Defence.

    "Acredito que o programa do F-35 está muito distante de estar no ponto sustentável que precisamos. Acredito que está muito distante de ser um caça acessível que possamos comprar em maior quantidade", disse Will Roper, chefe do Departamento de Aquisições da Força Aérea e Espacial dos EUA.

    Segundo o especialista, isso faz com que o programa de Domínio Aéreo de Próxima Geração (NGAD, na sigla em inglês) seja ainda mais importante, já que representa uma oportunidade de projetar um avião mais sustentável que o F-35.

    Roper está confiante que o caça do programa NGAD "terá um copiloto assistido por IA, ou talvez até ARTUµ [sistema de inteligência artificial desenvolvido em algoritmos de jogo de xadrez]".

    O secretário assistente para aquisições explicou que o sistema de IA desempenhará um papel auxiliar para o piloto humano.

    Fotografia de aeronave F-35A durante testes de lançamentos de bombas na Califórnia, EUA
    Fotografia de aeronave F-35A durante testes de lançamentos de bombas na Califórnia, EUA

    Recorrer ao NGAD também permitiria construir rapidamente uma frota de caças.

    Em agosto de 2020, foi informado que a Marinha dos EUA havia iniciado o desenvolvimento de um novo caça de sexta geração NGAD para se adaptar à nova estratégia destinada a lutar contra a Rússia e China.

    Mais:

    Escândalo dos caças F-35 da Dinamarca lança sombra sobre EUA, segundo mídia
    Após Suíça receber oferta de caças Eurofighter, EUA dizem que seus F-35 seriam 'melhor solução'
    EUA testam capacidade do F-35 de conduzir ataques nucleares (VÍDEO)
    Tags:
    eua, avião militar, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar