09:59 28 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 512
    Nos siga no

    Força Aérea norte-americana efetua exercício de prontidão operacional envolvendo 32 aviões em uma região estratégica.

    Todas as unidades da base aérea de Eielson, no Alasca, realizaram um exercício conhecido como "caminhadas de elefante" (Elephant Walks), que tem como objetivo comprovar a capacidade de cumprir determinadas missões em um curto período de tempo.

    Ao menos 18 caças furtivos F-35A, 12 caças leves F-16 Fighting Falcon e dois aviões-cisterna KC-135 Stratotankers participaram das manobras, segundo o comunicado da Força Aérea.

    A manobra é um dos jogos militares em que se pratica, por exemplo, o controle de um grupo de aeronaves em formação fechada, quando os aviões decolam com intervalos de 20 a 40 segundos.

    Isso ocorre em caso de operações bélicas de grande escala, quando é necessário enviar para combate o maior número possível de aeronaves em um curto intervalo de tempo.

    De acordo com o portal The Drive, os exercícios têm uma ressonância especial nas bases que estão próximas de países adversários, como é o caso de Eielson, localizada a apenas 200 quilômetros do Círculo Polar Ártico, uma região de importância estratégica e vizinha das fronteiras da Rússia.

    Mais:

    Popularidade no céu: os aviões de combate que mais voam pelo mundo, segundo ranking
    EUA desenvolvem armas de micro-ondas que poderiam 'grelhar' adversário, diz mídia norte-americana
    Senado dos EUA mantém venda de 50 caças F-35 para os Emirados Árabes Unidos
    Tags:
    avião militar, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque, EUA, Alasca
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar