12:51 21 Janeiro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2135
    Nos siga no

    Os navios, capazes de deslocar 9.000 toneladas com carga padrão e até 11.000 com carga total, teriam como objetivo vigiar as águas que separam o país da Coreia do Norte.

    O Japão está considerando construir dois novos navios de guerra de grande porte, que estariam entre as maiores embarcações bélicas de superfície na região do Pacífico, segundo a Forbes.

    Trata-se de destróieres com capacidade de deslocar 9.000 toneladas com carga padrão e até 11.000 toneladas com carga total, e sua função consistiria em navegar entre o Japão e a Coreia do Norte, preparados para interceptar qualquer míssil balístico que eventualmente fosse lançado por Pyongyang.

    Em termos de tamanho, nesta região apenas seriam superados pelos navios Type 055 da China, um cruzador russo da classe Slava e pelos destróieres da classe Zumwalt da Marinha norte-americana.

    Embarcação da Marinha japonesa em visita à China
    © AP Photo / Mark Schiefelbein
    Embarcação da Marinha japonesa em visita à China

    As dimensões e a complexidade do equipamento fazem com que seu custo chegue a aproximadamente US$ 4,8 bilhões (R$ 24,7 bilhões), especifica o relatório da Mitsubishi Heavy Industries, responsável pela construção de muitos dos navios de guerra do Japão.

    Anteriormente, o Japão planejou incorporar dois sistemas de defesa antimísseis Aegis Ashore às instalações terrestres na costa oeste do país, porém, o projeto foi cancelado por objeções dos moradores locais, que temem que os foguetes propulsores caiam sobre suas casas.

    Como alternativa, foi considerada a possibilidade de instalar os Aegis Ahore em um navio civil ou em uma plataforma marítima, porém, o governo japonês decidiu instalá-los em uma versão de um destróier de sua Marinha, da classe Maya.

    Mais:

    EUA, Austrália e Japão conduzem exercícios no oceano Índico em meio a tensões com China (VÍDEO)
    Japão está prestes a ter 1º banco vendedor dos dados de clientes
    Biden reafirma apoio a reivindicações do Japão sobre ilhas disputadas com a China
    Tags:
    defesa, navios, navio, Japão, Marinha, Marinha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar