17:36 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2321
    Nos siga no

    Um novo grupo de pilotos chineses passou por um rigoroso teste de qualificação com os caças J-15 baseados em porta-aviões.

    De acordo com o grupo de mídia Rede Global de Televisão da China (CGTN, na sigla em inglês) os pilotos foram treinados seguindo o novo modelo desenvolvido para a Marinha do Exército de Libertação Popular (ELP).

    Os pilotos chineses são os mais jovens da história a concluírem os testes, além disso, eles completaram o processo de qualificação em tempo recorde.

    O caça embarcado J-15 opera no porta-aviões Liaoning, primeiro do país, que é utilizado pela Marinha chinesa para a capacitação e instrução de pilotos de aeronaves deste tipo.

    A Marinha chinesa segue aprimorando as aeronaves com tecnologias de próxima geração, e desta vez deverá equipar o J-15 com perfis que terão 70% menos superfície detectável por radar.

    O J-15 deverá se tornar compatível com diversos tipos de novas munições, como o míssil ar-ar PL-15, que possui alcance de 200 quilômetros.

    Além das munições, a aeronave ainda poderia contar com adaptações para o sistema de lançamento eletromagnético, já que os próximos porta-aviões chineses deverão utilizar estes sistemas de lançamento.

    Mais:

    Após sanções da China contra EUA, caça F-35 seguirá sem materiais de terras raras
    China inicia produção em massa de modernizado caça furtivo de 5ª geração
    China acelera e eleva produção de caça multifuncional JF-17
    Tags:
    China, J-15, pilotos, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar