20:04 02 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    7350
    Nos siga no

    Novas fotos surgiram da aeronave KC-130J Hercules, que colidiu com um caça F-35 antes de realizar um pouso de emergência na Califórnia no mês passado.

    A maioria das partes danificadas da aeronave foi removida, deixando uma fuselagem deformada e exposta.

    No sábado (24), o portal The Drive publicou fotos do que restou do avião KC-130J, que sobreviveu a uma colisão durante o voo com um caça F-35 Lightning II.

    A seção do nariz do avião de reabastecimento KC-130J Hercules do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, que realizou um pouso de emergência na Califórnia no dia 29 de setembro, após colidir com um F-35
    A seção do nariz do avião de reabastecimento KC-130J Hercules do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, que realizou um pouso de emergência na Califórnia no dia 29 de setembro, após colidir com um F-35

    A aeronave teve o nariz, as asas, as hélices e a empenagem removidas. As partes que foram mantidas estão deformadas, danificadas e cortadas devido à violenta colisão e ao pouso de emergência.

    Alguns dos notáveis danos visíveis nas fotos são as grandes deformações no lado do estibordo da aeronave, logo atrás da cabine, onde a estrutura iniciou a ceder, devido ao estresse do pouso, bem como um longo corte na parte traseira, após a fuselagem ser atingida por uma ou mais hélices.

    A fuselagem e as asas danificadas do avião de reabastecimento KC-130J do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, que realizou um pouso de emergência na Califórnia no dia 29 de setembro, após colidir com um caça F-35
    A fuselagem e as asas danificadas do avião de reabastecimento KC-130J do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, que realizou um pouso de emergência na Califórnia no dia 29 de setembro, após colidir com um caça F-35

    O crédito pela integridade das aeronaves e das tripulações se deve ao trabalho dos pilotos, que se mantiveram calmos, demonstrando suas habilidades ao pousar as aeronaves após a colisão. Contudo, o caça F-35, após o pouso, explodiu e se transformou em uma grande bola de fogo.

    Mais:

    Recado para Rússia e China? EUA enviarão 150 caças F-35 e F-22 para o Ártico, diz senador
    Caça dos EUA perde tanque de combustível ao decolar de porta-aviões (VÍDEO)
    FOTOS revelam camuflagem russa usada por caças F-35 dos EUA
    Tags:
    EUA, F-35, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque, risco de colisão, colisão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar