17:11 24 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2451
    Nos siga no

    Um vídeo divulgado no dia 17 de outubro nas redes sociais mostra um bombardeiro Xian H-6N transportando um suposto míssil balístico por baixo da fuselagem.

    O vídeo comprovaria relatos de que o bombardeiro H-6N, a mais nova versão da família H-6, estaria sendo utilizado para transportar mísseis balísticos, inclusive nucleares, segundo o portal Flight Global.

    Desde que o bombardeiro surgiu em Pequim, os especialistas sugeriram que ele seria utilizado para transportar um único míssil antinavio DF-21, ou um veículo hipersônico, como o DF-17.

    Além disso, os especialistas ressaltam que, caso o míssil esteja equipado com uma ogiva nuclear ou o avião carregue algum veículo hipersônico, tudo isso seria capaz de representar riscos para alvos distantes.

    O diretor de pesquisa do Instituto de Estudos Aeroespaciais da China, Roderick Lee, afirmou que o aeródromo do vídeo poderia ser a base da Força Aérea chinesa em Neixiang. Em uma matéria recente que escreveu para The Diplomat, Lee disse que as imagens de satélite sugerem que esse aeródromo, na província de Henan, foi amplamente melhorado para apoiar os H-6N a executarem missões nucleares.

    Até o momento, não há informações se a aeronave passou por testes ou se realizou testes de transporte de cargas acopladas.

    O H-6N, transportando mísseis balísticos, poderia operar a partir de bases aéreas e aeroportos ao longo da China, melhorando a capacidade de sobrevivência em um conflito. Poderia também ser implantado em bases fora da China.

    Independentemente dos desafios que Pequim possa enfrentar com este ambicioso projeto, o novo vídeo do H-6N é um marco claro na compreensão das intenções estratégicas da China.

    Mais:

    Bombardeiros dos EUA sobrevoam região disputada por Pequim no mar do Sul da China (FOTOS)
    Taiwan: bombardeiros americanos voam perto da ilha após exercícios da China
    Novo bombardeiro nuclear chinês Xian H-20 poderá causar problemas aos EUA no Pacífico, diz mídia
    Tags:
    China, bombardeiro estratégico, bombardeiro nuclear, bombardeiros, Bombardeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar