15:59 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    387
    Nos siga no

    Fotos recém-divulgadas pela Marinha dos EUA mostram que seus caças F/A-18F Super Hornet, instalados no Oriente Médio, estão portando novos sensores infravermelhos capazes de detectar aeronaves furtivas.

    Um avançado sensor infravermelho previsto para ser instalado em uma versão futura do caça da Marinha norte-americana foi flagrado em fotos recentes de jatos em ação no Oriente Médio, segundo o portal The Drive.

    Nas fotos, datadas do dia 30 de setembro e postadas pelo Serviço de Distribuição de Informações Visuais de Defesa do Pentágono (DVIDS, na sigla em inglês), um F/A-18F pode ser visto portando o novo sistema de busca e rastreamento infravermelho (IRST, na sigla em inglês) durante patrulha. O sensor é um pequeno botão preto na parte dianteira do tanque externo de combustível da aeronave, pendurado entre a fuselagem.

    Um caça F/A-18F Super Hornet da Marinha dos EUA em missão de apoio da Operação Resolução Inerente com um novo sensor infravermelho, 30 de setembro de 2020
    © Foto / James Merriman
    Um caça F/A-18F Super Hornet da Marinha dos EUA em missão de apoio da Operação Resolução Inerente com um novo sensor infravermelho, 30 de setembro de 2020

    Como o sensor busca assinaturas de calor em vez da pulsação das ondas do radar, ele é capaz de ultrapassar todos os tipos de coisas que podem burlar outros sistemas de rastreamento, incluindo a tecnologia furtiva, que reduz a quantidade de ondas do radar que uma aeronave envia de volta ao radar para detectá-los, bem como os dispositivos eletrônicos de bloqueio de sinal (jammers), que eliminam o excesso de interferência eletromagnética para enganar o radar inimigo.

    Com isso, ele pode localizar aeronaves pequenas e de baixa visibilidade, bem como veículos aéreos não tripulados.

    De acordo com a foto captada, a aeronave estava em "uma missão de apoio da Operação Resolução Inerente", nome dado pelo Pentágono à guerra contra o Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em outros países) na Síria e no Iraque.

    Mais:

    Marinha dos EUA encerra busca por tripulante desaparecido de porta-aviões no mar Arábico
    Misteriosas FOTOS mostram menor embarcação da Marinha dos EUA afundada por submarino
    Problemas orçamentários ameaçam atrasar construção de submarinos da Marinha dos EUA
    Tags:
    sensor, Oriente Médio, Marinha dos EUA, 276 F/A-18 Hornet, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar