15:35 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    8728
    Nos siga no

    O secretário-geral da OTAN anunciou a necessidade de a Turquia encontrar alternativa para os sistemas russos de defesa antiaérea S-400, adquiridos anteriormente.

    Nesta segunda-feira (5), o secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, salientou que substituição eliminará riscos para aviação dos membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN):

    "A aquisição da Turquia do S-400 nos cria uma dificuldade, podendo representar um risco para as aeronaves aliadas, assim como colocar a Turquia sob sanções dos EUA. O S-400 não pode ser integrado no sistema da OTAN, portanto, convido nossos parceiros turcos a buscarem uma alternativa", afirmou o secretário-geral em uma coletiva de imprensa conjunta com o ministro das Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu.
    Sistemas de mísseis terra-ar S-400 Triumph
    © Sputnik / Ministério da Defesa da Rússia
    Sistemas de mísseis terra-ar S-400 Triumph

    O chanceler turco afirmou que Ancara adquiriu os sistemas russos, por "não poder comprar os norte-americanos Patriot ou outros sistemas semelhantes para sua defesa".

    Stoltenberg se encontra em Ancara, na capital da Turquia, em uma visita a trabalho. Se espera que, além da visita ao chanceler, também se encontre com o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

    Em 2019, a Rússia forneceu à Turquia quatro divisões do sistema de mísseis S-400. O fornecimento provocou desconforto nas relações entre Washington e Ancara, que é ameaçada com sanções se o governo turco não abandonar o sistema russo.

    Mais:

    Rússia e Turquia assinam contrato de fornecimento do 2º lote de sistemas S-400
    EUA podem deixar OTAN se Trump for reeleito, afirma John Bolton
    OTAN exige fim do conflito militar entre Armênia e Azerbaijão
    Tags:
    sistema de mísseis, Rússia, Jens Stoltenberg, S-400, Turquia, defesa, OTAN
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar