14:00 18 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    0 420
    Nos siga no

    O Super Pantsir atuará em conjunto para proteger os interceptadores de mísseis balísticos e armas antiaéreas de longo alcance.

    De acordo com uma fonte do Ministério da Defesa russo, citada pelo jornal Izvestia, há planos de usar os sistemas de mísseis Pantsir-SM-SV, uma versão modificada para as forças terrestres, a fim de dar maior proteção aos sistemas de defesa aérea S-300V4.

    Graças ao chassi de lagartas, o novo sistema Pantsir pode ser usado em terrenos de difícil acesso. Diversos especialistas consideram que o S-300V4 é eficaz contra mísseis balísticos e de cruzeiro, aviões e veículos hipersônicos a uma distância de 400 quilômetros, porém é vulnerável relativamente a drones e armas inteligentes.

    Sistema antiaéreo russo Pantsir-S1
    © Sputnik / Yevgeny Byatov
    Sistema antiaéreo russo Pantsir-S1

    O Super Pantsir é uma nova versão do Pantsir SM-SV para proteger especialmente as forças terrestres, permitindo elevar significativamente a capacidade de defesa aérea a baixas altitudes.

    Sua principal missão será cobrir diretamente os sistemas S-300V4 e os militares em seus locais de posicionamento, protegendo-os de possíveis ataques de drones e mísseis.

    O sistema Pantsir pode operar de maneira independente ou em conjunto com outras armas, com as suas unidades integradas em um controle automatizado a partir dos postos de comando de defesa aérea.

    Mais:

    Que segredos poderia revelar aos EUA sistema antiaéreo soviético S-300?
    Mídia: Israel possui arma capaz de 'enganar' mísseis russos S-300 na Síria
    Satélite detecta sistema S-300 soviético em base militar dos EUA (FOTO)
    Tags:
    sistema de mísseis, sistema de defesa, sistema de defesa aérea, sistema de defesa antiaérea, Rússia, Pantsir, S-300V4
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar