22:54 23 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    1610
    Nos siga no

    A Marinha dos EUA comissionou sua mais recente embarcação de combate litorâneo em meio ao esforço de aumentar a frota deste tipo de navios.

    O navio monocasco de combate litorâneo St. Louis, da classe Freedom, foi comissionado neste domingo (9) em um evento particular nos Estados Unidos. Ele será o vigésimo segundo navio de combate litorâneo (LCS, na sigla em inglês) e décimo da classe Freedom a se juntar à frota.

    Uma vez que todos estejam comissionados, a Marinha dos EUA contará com 35 embarcações do tipo. O LCS St. Louis poderá ser equipado para se tornar uma embarcação caçadora de minas, de guerra antissubmarino ou de combate a navios de superfície.

    Embarcação LCS da Marinha dos EUA USS St. Louis
    © Foto / Marinha dos EUA
    Embarcação LCS da Marinha dos EUA USS St. Louis

    Em 16 de julho deste ano, o almirante Michael Gilday, chefe das Operações Navais da Marinha dos EUA, disse ao portal Defense News que ele se preparava para aumentar o destacamento de embarcações LCS ao longo dos próximos dois anos.

    "Existem coisas que devo entregar em um futuro próximo, que estou pressionando, e uma delas são os LCS", comentou Gilday. "Uma parte é sustentabilidade e confiabilidade. Sabemos o bastante sobre a plataforma e os problemas que nos afetam em relação a confiabilidade e sustentabilidade e eu preciso deles resolvidos."

    Especialistas comentaram ao portal que a Marinha norte-americana provavelmente precisaria aceitar menos capacidade do que planejou para estas embarcações.

    Mais:

    Pequim constrói rede de vigilância no mar do Sul da China, diz Forbes
    EUA dobraram missões de reconhecimento no mar do Sul da China, afirma think tank
    China poderia superar Marinha norte-americana, adverte Congresso dos EUA
    Tags:
    militar, defesa, navio, embarcação, Marinha dos EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar