10:37 12 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    7750
    Nos siga no

    O caça de quinta geração Su-57 não é apenas uma aeronave, mas todo um complexo de combate. Com todo o armamento que leva a bordo, ele se distingue dos concorrentes.

    O Su-57 de quinta geração possui eletrônica avançada, o que permite ao caça a destruição de alvos a uma distância de várias centenas de quilômetros e alta precisão nos ataques. A aeronave tem equipamentos bem protegidos e as últimas novidades em bombas e mísseis.

    O caça será capaz ainda de contornar as armadilhas inimigas e de impedir a detecção por radar.

    Mísseis inteligentes

    Apesar de a lista de armamento do Su-57 ser classificada, sabe-se que as empresas da indústria de defesa russa estão desenvolvendo cerca de 15 tipos.

    Segundo os especialistas, o arsenal do Su-57 será baseado no armamento já existente, mas completamente redesenhado e informatizado. Por exemplo, os novos mísseis antinavio terão um alcance duas vezes maior, até 250 quilômetros.

    Os novos mísseis têm um "cérebro" mais potente e compacto, o sistema de controle e o motor permitem trajetórias de voo mais complexas. O equipamento radioeletrônico é resistente a interferências externas e não se deixa induzir por alvos falsos.

    Se os alvos antigamente eram fixados analogicamente, o que requeria algum tempo, hoje os sistemas são digitais.

    "O Su-57 foi criado com estes fatores em mente, seus sistemas são totalmente digitais - a comunicação de missões de voo, a designação e redistribuição de alvos leva uma fração de segundo", afirmou o especialista da Sputnik em assuntos militares, Aleksei Leonkov.

    Como outros caças multifuncionais, o Su-57 será capaz de transportar munições ar-ar, de curto, médio e longo alcance ar-superfície, assim como bombas controláveis.

    O caça será equipado com a bomba inteligente KAB-350, cuja trajetória de voo é corrigida pelo sistema de satélite GLONASS, podendo haver um desvio do alvo de apenas mais ou menos dois metros, independentemente das condições climáticas e da hora do dia.

    Além disso, como já foi relatado anteriormente pelo Ministério da Defesa, o caça Su-57 também levará a bordo armas hipersônicas.

    Exatamente um metro

    Vladimir Popov, piloto militar emérito da Rússia, está certo de que a gama de armas para o Su-57 será a tradicional. Contudo, "as características de precisão aumentarão em 30% - 40%".

    "Os mísseis modernos atingem os alvos com uma precisão de um metro. O mesmo se aplica às munições de longo alcance. No entanto, o radar e o componente térmico desempenham aqui um grande papel", disse Popov.

    A miniaturização de equipamentos eletrônicos dos mísseis modernos permite fortalecer a capacidade de carga. A probabilidade de acertar um alvo e, como resultado, a eficácia geral do caça, aumenta significativamente. O Su-57 será capaz de atingir quaisquer alvos tanto no ar como no solo - alvos dinâmicos e balísticos, assim como alvos pequenos como drones.

    Caça multifuncional russo de quinta geração Su-57, faz voo durante o salão de aviação MAKS-2019
    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Caça multifuncional russo de quinta geração Su-57, faz voo durante o salão de aviação MAKS-2019

    O nível de automatização do Su-57 é uma de suas principais características. O caça possui um complexo totalmente inovador de equipamentos de voo ligados a um poderoso sistema computadorizado, que exerce a função de piloto eletrônico.

    O computador reconhece e identifica automaticamente os alvos mais perigosos e prioritários, constrói a rota de voo ideal, diz ao piloto quando e que armas usar.

    O Su-57 tem vários radares de nova geração para rastrear e detectar alvos, podendo facilmente encontrar qualquer aeronave no céu a uma distância de centenas de quilômetros, incluindo aquelas construídas usando tecnologia furtiva.

    Totalmente carregado

    Outra peculiaridade do Su-57 é o transporte de armas nos compartimentos internos. Devido a não levar bombas ou mísseis nos pontos de suspensão externos, a superfície diminui e a possibilidade de ser detectado também.

    A carga de combate que o Su-57 é capaz de levar é consideravelmente maior do que a dos caças anteriores. Isto foi conseguido graças ao uso de materiais compósitos, fibra de vidro, tecidos kevlar e várias resinas, que foram utilizados em 35% da fuselagem do caça.

    "Além disso, o novo motor dá um ganho de impulso adicional de 15%", prosseguiu Popov.

    Outro dos atributos do Su-57 é o de poder trabalhar em conjunto com drones Su-70 Okhotnik. Especialistas estimam que, no futuro, será possível criar esquadrões inteiros de drones S-70 operando em modo autônomo ou sob o controle e supervisão de apenas um piloto de Su-57, multiplicando a capacidade de combate.

    Mais:

    Saiba por que novíssimo caça russo Su-57 é único no mundo
    EUA estariam reforçando remota base aérea no Alasca contra caças russos e chineses
    Novo drone furtivo russo Okhotnik deve ser motivo de preocupação para EUA, opina revista americana
    Tags:
    armamento, caça, Su-57
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar