09:01 24 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2500
    Nos siga no

    Navios da Marinha russa conduziram exercícios no mar Negro, com disparo de mísseis, informou o Ministério da Defesa da Rússia.

    "As tripulações das corvetas Inguchétia, Ivanovets e Naberezhnye Chelny, da Frota do Mar Negro, saíram para o mar para realizar exercícios programados de operação de mísseis como parte de um grupo naval de ataque", informou o Ministério da Defesa.

    Durante a primeira etapa dos exercícios, as tripulações utilizaram armas antiaéreas e de artilharia contra alvos aéreos e terrestres, além de praticarem a defesa contra ataques aéreos e de combate naval contra navios inimigos.

    Bandeira da Marinha da Rússia e mastros a bordo do navio de mísseis ligeiro do projeto 21631 Orekhovo-Zuyevo durante os exercícios militares da Frota do Mar Negro e do Distrito Militar do Sul da Rússia na Crimeia
    © Sputnik / Andrei Stanavov
    Bandeira da Marinha da Rússia e mastros a bordo do navio de mísseis ligeiro do projeto 21631 Orekhovo-Zuyevo durante os exercícios militares da Frota do Mar Negro e do Distrito Militar do Sul da Rússia na Crimeia

    Na segunda etapa, o grupo de ataque preparou o lançamento de mísseis contra alvos múltiplos de superfície, com o disparo eletrônico de mísseis.

    As tripulações deverão ainda realizar treinamentos para elevar as capacidades de sobrevivência e defesa de um esquadrão de navios durante a navegação.

    Os exercícios estão sendo realizados de acordo com o plano de treinamento das forças da Frota do Mar Negro", observou o Ministério da Defesa russo.

    Mais:

    Navios russos mostram todo seu poder de fogo em Kamchatka (VÍDEO)
    Suposto navio de reconhecimento russo é detectado no Pacífico perto da base de Pearl Harbor (FOTOS)
    Frota do Norte da Rússia monitora ações de navios da OTAN perto de suas fronteiras
    Tags:
    Frota do Mar Negro, exercícios militares, mísseis, corveta, navios russos, navios, navio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar