03:19 05 Dezembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    11691
    Nos siga no

    Com sistema autônomo de designação de alvos e disparo, proteção inteligente contra projéteis e motor melhorado, projetistas levaram o tanque T-14 Armata à perfeição.

    De acordo com a empresa Uralvagonzavod, a mais recente tecnologia foi completamente estudada e todas as deficiências foram eliminadas.

    O T-14 Armata foi desenvolvido a partir de 2010 e teve sua produção iniciada em 2014. Com um design exclusivo, o veículo se tornou um computador blindado de combate, contando com diversos equipamentos eletrônicos e sistemas autônomos.

    Um dos destaques é o sistema Afganit, que detecta e elimina munições antitanque à medida que estas se aproximam, além de contar com localizadores de direção ultravioletas e câmeras infravermelhas.

    O blindado conta ainda com um motor que tem dois modos de operação, o modo de paz e o modo de combate, que tem como prioridade a potência e velocidade.

    Seu motor tem entre 1,2 mil e 1,8 mil cavalos de potência, enquanto o torque é regulado por uma transmissão automática. Sua velocidade pode chegar a 90 quilômetros por hora, tendo uma autonomia de aproximadamente 500 quilômetros sem necessidade de abastecer.

    O armamento do T-14 também é apontado automaticamente, com o sistema realizando os cálculos necessários, bem como obtenção de outros dados relevantes, como orientação angular, navegação inercial, direção e velocidade do vento, temperatura e umidade do ar.

    Tanque T-14 Armata na Praça Vermelha de Moscou durante a Parada da Vitória
    © Sputnik / Mikhail Klimentyev
    Tanque T-14 Armata na Praça Vermelha de Moscou durante a Parada da Vitória

    Com relação ao arsenal do tanque, o T-14 conta com uma nova família de munições de subcalibre, de fragmentação, explosivas e mísseis guiados, bem como um canhão padrão de 125 milímetros, que pode ser substituído por um canhão de 152 milímetros, permitindo o disparo de projéteis guiados de alta precisão.

    Um dos mísseis é o Refleks-M, projetados para destruir alvos terrestres protegidos e aéreos a baixas altitudes. O míssil captura e rastreia o alvo automaticamente, possuindo um alcance de até cinco quilômetros. Ele também pode penetrar uma blindagem de até um metro de espessura.

    "O Armata é um tanque de nova geração, o único veículo do mundo com um design totalmente novo [...] Não há análogos no mundo", enfatiza o especialista e editor-chefe da revista militar Arsenal Otechestva Viktor Murakhovsky.

    Mais:

    Peru moderniza 'tanques-voadores' Su-25 em contrato com a Rússia
    Exército russo recebe primeiros novos tanques modernizados T-90M (VÍDEO)
    Exército russo receberá novíssimos tanques T-90M neste ano
    Tags:
    Rússia, veículo blindado, carro blindado, blindados, blindado, tanques, tanque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar