09:37 25 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4841
    Nos siga no

    Em um vídeo preparado pelo canal russo Zvezda é possível ver em câmera lenta o lançamento do míssil a partir de um veículo blindado e de um sistema de lançamento convencional.

    Graças a suas características únicas, o sistema Kornet foi batizado de "assassino de tanques". Ao contrário de sistemas antitanque desenvolvidos anteriormente, o míssil do Kornet não é controlado por fio, mas por um raio laser. Além disso, o disparo múltiplo de 2 mísseis permite superar os meios modernos de proteção ativa dos tanques.

    ​Este sistema é batizado de "assassino de tanques": os mísseis conseguem atravessar blindagem de mais de um metro de espessura, além de derrubar drones e destruir bunkers.

    Em 2019, as tropas aerotransportadas da Rússia começaram a receber sistemas Kornet com miras térmicas que são capazes de atingir alvos aéreos de alta velocidade (250 m/s) a uma distância de até 10 quilômetros e a 9 quilômetros de altitude, escreve Rossiyskaya Gazeta.

    Os sistemas antitanque podem usar foguetes com ogivas termobáricas e de alto poder de explosão. Como resultado, é possível destruir não só veículos blindados, mas também infantaria e posições fortificadas inimigas.

    Mais:

    Sistemas de defesa antiaérea S-400 eliminam mísseis balísticos 'inimigos' na Rússia (VÍDEO)
    Defesa antiaérea da Síria teria repelido suposto bombardeio israelense em Aleppo (VÍDEOS)
    Forças Armadas da Rússia podem receber avançados sistemas antiaéreos S-500 no próximo ano
    Tags:
    veículo blindado, Rússia, sistema antitanque, Kornet, defesa antiaérea, sistemas de defesa aérea
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar