13:44 21 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    11345
    Nos siga no

    Indústrias Aeroespaciais Turcas (Turkish Aerospace Industries, TAI na sigla em inglês) assinou um contrato com empresa turca Havelsan para fabricação de software para o futuro caça de 5ª geração, que faz parte do projeto TF-X.

    Os detalhes do futuro caça otomano foi apresentado pela TAI em um vídeo publicado no YouTube, onde se pode ver o protótipo da futura aeronave sair de um hangar, se colocar na pista e ser alvo de verificações antes da decolagem.

    A segunda parte do vídeo mostra o caça voando a alta altitude e lançando um míssil. A aeronave é propulsada por dois motores com um empuxo de nove toneladas cada, o que lhe permitirá atingir uma velocidade Mach 2. A altitude de voo máxima é de 16.700 metros.

    Quanto às suas dimensões, tem uma envergadura de asa de 12 metros e a área das asas será de 60 metros quadrados, bem como teria 19 metros de comprimento.

    Segundo o diretor executivo da empresa turca de software Havelsan, Ahmet Hamdi, a Turquia planeja ter a nova aeronave completamente operacional em 2023.

    "É um projeto em que estaremos trabalhando por muitos anos para atingir o ponto desejado. Por ser de quinta geração, é um produto a que podemos chamar de 'computador voador'. Serão mais de 20 milhões de linhas de software e centenas de módulos que funcionarão em conjunto", disse o empresário, citado pela mídia local.

    A TAI está desenvolvendo o TF-X em cooperação com a Presidência das Indústrias de Defesa (SSB, na sigla em turco), órgão que foi criado pelo governo turco com o objetivo de fortalecer a indústria de segurança nacional e gerenciar o fornecimento de tecnologia militar.

    O presidente da SSB, Ismail Demir, disse que quando as empresas concluírem o projeto a Turquia passará a fazer parte do clube privilegiado de países capazes de produzir aviões de caça de quinta geração, com a infraestrutura e tecnologia necessárias.

    Por enquanto, somente os EUA, Rússia e China são capazes de fabricar este tipo de aeronaves.

    Além disso, ele afirmou à mídia local que a cooperação entre TAI e Havelsan cobrirá muitas áreas, como treinamento e simulação integrados e suporte de engenharia em várias áreas, incluindo testes virtuais, desenvolvimento de software e segurança cibernética.

    O TF-X, o avião de caça turco de 5ª geração, compartilhará algumas características técnicas com o caça multifuncional norte-americano Lockheed Martin F-35 Lightning II, que os EUA deveriam fornecer à Turquia antes de ela comprar os sistemas de defesa antiaérea russos S-400.

    A Turquia está desenvolvendo o novo caça com o intuito de substituir os F-16, antes que eles sejam retirados de serviço, o que está previsto para a década de 2030.

    O TF-X deverá fazer seu primeiro voo utilizando motores produzidos na Turquia em 2029.

    Mais:

    Caças Su-27 interceptam F-16 da OTAN perto da fronteira russa no Báltico (VÍDEO)
    Erdogan revela data para sistemas russos entrarem em operação na Turquia
    Piloto de MiG-31 russo filma encontro com caça F-16 da OTAN (VÍDEO)
    Tags:
    F-16, caça, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar