03:03 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    71221
    Nos siga no

    Na última semana, a Marinha dos EUA recebeu seu primeiro destróier furtivo Zumwalt e um outro navio da classe Arleigh Burke.

    O DDG-1000, Zumwalt, é o primeiro destróier furtivo a entrar finalmente em serviço da Marinha norte-americana quase quatro anos após seu comissionamento oficial, revela a publicação Defense News.

    Em novembro de 2016, a companhia BAE Systems recebeu o valor de US$ 192 milhões (um bilhão de reais) para fornecer os armamentos para o Zumwalt e a embarcação da mesma classe Michael Monsoor.

    Contudo, o programa DDG-1000 enfrentou excesso de custos e mudanças ao longo dos anos. O sistema que deveria equipar o navio inicialmente, o Sistema Avançado de Armas, foi praticamente abandonado pela Marinha uma vez que a embarcação deixou de ser um navio de apoio para se tornar uma plataforma de ataque de superfície.

    Uma vez que a Marinha dos EUA reduziu a compra de 28 destas embarcações para somente três, a produção de seus sistemas de armamentos se tornou muitíssimo mais custosa.

    De acordo com informações em janeiro do Comando de Sistemas Navais, a terceira e última embarcação da classe, o Lyndon B. Johson, está em construção e será entregue até dezembro deste ano.

    Mais:

    Marinha paquistanesa dispara mísseis antinavio no mar Arábico durante exercícios (VÍDEO)
    Pentágono aconselha Marinha dos EUA a reduzir frota de porta-aviões, segundo relatório
    Índia confirma 21 casos de COVID-19 entre militares da Marinha em Mumbai
    Tags:
    embarcação, Destróier, Marinha, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar