22:47 26 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3160
    Nos siga no

    O governo japonês estaria considerando exportar o próximo caça nacional de superioridade aérea F-3 de sexta geração.

    Recentemente, Tóquio encerrou os planos sobre a continuidade do programa conjunto com parceiros norte-americanos e britânicos, mesmo após grandes empresas demonstrarem interesse pelo projeto.

    Dentre as empresas que demonstraram interesse estavam a Lockheed Martin, Northrop Grumman e BAE Systems.

    O novo caça de sexta geração deve substituir os caças F-15J Eagles. O país asiático já tentou substituir as aeronaves, entretanto, os EUA se recusaram a fornecer os F-22 Raptor aos japoneses.

    Premiê japonês Shinzo Abe revisa caças miliatares japoneses
    © AP Photo / Eugene Hoshiko
    Premiê japonês Shinzo Abe revisa caças miliatares japoneses

    De acordo com informações, a aeronave japonesa de última geração contará com dois motores e constituirá um complemento aos caças F-35 de produção norte-americana mais leves e baratos, destinados principalmente ao ataque, informa a revista Military Watch.

    Apesar de toda expectativa, espera-se que a aeronave entre em serviço apenas na década de 2030. Um fator-chave é que os japoneses pretendem desenvolver a aeronave com tecnologias próprias, sem depender das tecnologias ocidentais. Com isso, Japão pretende obter maior liberdade para exportar suas aeronaves.

    Há muitos potenciais clientes, mas vale destacar que a lista conta com Singapura, Israel e Arábia Saudita.

    Mais:

    Desvendado no Japão segredo astronômico das luzes vermelhas de 1.400 anos (FOTO)
    Japão irá desenvolver armas hipersônicas
    Japão e COI decidem adiar Olimpíadas de 2020 para o ano que vem
    Tags:
    Japão, avião de assalto, avião de combate, avião de ataque, avião militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar