12:44 28 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3252
    Nos siga no

    A China estaria planejando possuir uma das maiores marinhas do mundo nos próximos 10 ou 15 anos.

    O ex-almirante da Marinha dos EUA, Michael McDevit, citou ao Instituto Naval dos EUA que a China pode possuir uma das maiores marinhas do mundo em breve, mais precisamente, dentro de 10 a 15 anos.

    Um oficial das Forças Armadas das Filipinas enfatizou a presença da China no mar do Sul da China, e que a maior parte das embarcações chinesas leva vantagem sobre a Marinha norte-americana, que também marca presença na região.

    A China espera integrar no próximo ano 131 navios de guerra, dois porta-aviões, 36 destróieres, 30 fragatas, nove navios de guerra anfíbios, dez navios de logística, oito submarinos nucleares, 30 submarinos de ataque diesel-elétrico e seis submarinos nucleares lançadores de mísseis balísticos.

    Com isso, os chineses já superaram muitos de seus concorrentes e o plano deve ser ainda mais audacioso, já que o presidente chinês, Xi Jinping, segue adiante, tanto que já construiu e encomendou 131 navios de guerra, podendo somar 270 embarcações até 2035.

    Hoje, o poder naval da China está ao lado da Rússia, com 73 navios de guerra, seguido pelo Japão com 44, Reino Unido com 39, Índia com 33 e França com 36, segundo a USNI.

    Mais:

    Marinha da China recebe 1º destróier da classe 055 equipado com novos sistemas de defesa (FOTOS)
    Fraquezas impedem Marinha dos EUA de competir no mar do Sul da China, diz especialista
    China lança novos destróieres enquanto Pentágono planeja cortes orçamentários na Marinha
    Tags:
    embarcação, EUA, navio, Marinha, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar