16:07 23 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    7231
    Nos siga no

    O chefe do Comando Europeu dos EUA, general Tod Wolters, afirmou que o sistema de defesa antimíssil de seu país precisa ser melhorado.

    "Os ataques no campo de petróleo saudita, e também os mísseis iranianos no Iraque depois da morte de Soleimani, causaram preocupações sobre nossa capacidade de defesa", afirmou o senador Angus King durante uma audiência no Senado norte-americano.

    Questionado pelo senador sobre a capacidade do país se defender contra ataques como esses, já que os sistemas não funcionaram de forma eficaz, o general disse:

    "Senador, está melhorando, mas precisa ser melhor", afirmou.

    "Então, estaria de acordo que é uma brecha significativa em nossa defesa, onde temos de trabalhar rapidamente?", perguntou o senador a Wolters.

    Em setembro de 2019, duas refinarias sauditas foram atacadas por rebeldes houthis. Na ocasião, Washington e Riad acusaram Teerã de estar por trás do bombardeio, porém a República Islâmica negou ter participado dos ataques.

    No dia 8 de janeiro, o Irã atacou com diversos mísseis duas bases aéreas iraquianas, que abrigam tropas norte-americanas, em resposta ao assassinato do general Qassem Soleimani.

    O ataque deixou ao menos 109 militares com lesões cerebrais traumáticas, segundo o porta-voz do Departamento de Defesa, Jonathan Hoffman.

    Mais:

    Erdogan convoca turcos a 'deixarem o dólar' em ato de patriotismo
    Após falha do sistema americano Patriot, Arábia Saudita quer sistema S-400 da Rússia
    Erdogan: Turquia não desistirá do S-400 russo pelo Patriot americano
    Tags:
    EUA, mísseis, sistema de defesa antiaérea, sistema de defesa aérea, sistema de defesa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar