23:06 10 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    34945
    Nos siga no

    A Rússia continuará modernizando o seu Exército e Marinha e introduzindo armas e tecnologias avançadas, afirmou o presidente Vladimir Putin ontem (23) nas celebrações do Dia do Defensor da Pátria.

    O chefe de Estado observou que as autoridades planejam continuar a consolidar a capacidade das forças estratégicas, implantar o armamento mais avançado em todos os ramos das Forças Armadas, inclusive armas laser, complexos hipersônicos, bem como sistemas de alta precisão.

    "Continuaremos a trabalhar para tornar o nosso Exército e Marinha cada vez mais modernos, isso significa que vamos fortalecer o potencial das forças estratégicas, implantar armas e equipamentos de última geração em todos os ramos das Forças Armadas, incluindo armas laser, complexos hipersônicos e sistemas de alta precisão", declarou Putin.

    O presidente russo fez notar que muitos tipos de armamento russo não têm análogos no mundo.

    "Além disso em relação a uma série de projetos avançados, que na verdade podem ser considerados "armas do futuro", nós já passamos de fase de testes para a fase de colocação em serviço de combate, em regime de prontidão, avançou o presidente russo.

    O novíssimo míssil russo Avangard, cuja produção em massa já foi iniciada, é apresentado voando no espaço
    © Sputnik / Ministério da Defesa da Federação da Rússia
    O novíssimo míssil russo Avangard, cuja produção em massa já foi iniciada, é apresentado voando no espaço
    Anteriormente Putin informou sobre o trabalho de cientistas russos no desenvolvimento de novas armas que venham a substituir os armamentos nucleares. "Pode ser uma arma baseada em novos princípios físicos […] O estatuto nuclear não é eterno. A Idade da Pedra terminou não porque as pedras tenham se esgotado, mas porque surgiram novas tecnologias", disse ele.

    Entre vários tipos de armamentos desenvolvidos ultimamente pela Rússia, está o míssil hipersônico Tsirkon, cujo alcance ultrapassa os 1.000 km. Além disso, a velocidade do armamento é de Mach 9, o que dificulta sua interceptação, tornando seu voo imprevisível. O míssil pode destruir tanto alvos terrestres como marítimos, inclusive porta-aviões.

    O Avangard é outro míssil hipersônico que merece destaque. A nova arma entrou para o arsenal em 2019 e uma de suas vantagens é a capacidade de superar e neutralizar as defesas antimísseis de qualquer adversário devido à sua ogiva planadora.

    Mais:

    Novíssimo sistema russo de mísseis hipersônicos Avangard entra em serviço
    Qual será 1ª embarcação russa a contar com míssil hipersônico Tsirkon?
    Tags:
    Vladimir Putin, Marinha, Exército da Rússia, míssil hipersônico, armas de alta precisão, armas laser, avançado, armamentos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar