14:28 27 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    683
    Nos siga no

    Turquia inicia nova fase da operação militar Kapan no sudoeste do país, contra os membros de uma organização considerada terrorista pelo governo turco, comunicou o Ministério do Interior da Turquia.

    O Ministério do Interior da Turquia comunicou oficialmente que "o objetivo da operação Kapan-5, na qual participam 780 agentes da Polícia e Gendarmaria, é eliminar os terroristas do PKK na província de Sirnak".

    Fundado na década de 1970 como um partido de extrema-esquerda, o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, na sigla em curdo) lutou com armas em mão contra o governo de Ancara durante décadas, reivindicando a criação de um governo autônomo para curdos no sudoeste da Turquia.

    A demanda por um Estado curdo inquieta as autoridades turcas desde que foi declarada a República turca em 1923. Movimentos independentistas curdos também são encontrados em países vizinhos, como Síria e Iraque, onde, em meio à luta contra o Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países), surgiram regiões autônomas curdas.

    O Ministério da Defesa turco informou que desde 2015 as forças de segurança neutralizaram mais de 10 mil militantes do PKK.

    Mais:

    Fragatas aparecem no litoral da Líbia em meio a eventual reforço das tropas da Turquia (FOTOS)
    Pence faz visita surpresa ao Iraque e reforça apoio dos EUA aos curdos
    Turquia diz que 'responderá com força' se Síria colocar em risco seus postos de observação em Idlib
    Tags:
    Turquia, Partido dos Trabalhadores do Curdistão, Curdistão, curdos, PKK
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar