02:18 23 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    USS Mount Whitney

    Navio de guerra americano chega ao mar Báltico para participar de manobras da OTAN (FOTO)

    © AFP 2019 / Petras Malukas
    Defesa
    URL curta
    416
    Nos siga no

    O navio USS Mount Whitney, do comando da Marinha dos EUA, entrou nas águas do mar Báltico, de acordo com dados do site de monitoramento Marine Traffic.

    De avordo com o portal, o navio deverá participar dos exercícios navais da OTAN Baltops (Baltic Operations) 2019, que serão realizados entre 9 e 21 de junho na proximidade das costas da Alemanha, Polônia, Letônia, Lituânia, Suécia e Dinamarca.

    ​O USS Mount Whitney LCC-20 dirigindo-se para as manobras Baltops 2019

    No total, 18 países membros e parceiros da Aliança Atlântica tomarão parte das manobras navais. Assim, planeja-se que os treinamentos envolvam cerca de 12 mil soldados, 44 navios de guerra e mais de 40 aviões e helicópteros.

    O plano dos exercícios prevê a realização de operações anfíbias, operações de defesa aérea e a luta contra forças de superfície e submarinas de um inimigo virtual. 

    Nos últimos anos, a Rússia tem denunciado repetidamente a atividade sem precedentes da OTAN perto das fronteiras ocidentais russas. A Aliança Atlântica aumenta sua atividade militar, chamando isso de "deter a agressão russa". Anteriormente, o porta-voz presidencial Dmitry Peskov assegurou que Moscou não representa ameaça para ninguém, mas não vai deixar sem atenção ações potencialmente perigosas para os interesses nacionais. Ademais, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia, Valery Gerasimov também pediu à OTAN para que ponha fim à atividade militar nas fronteiras do país para reduzir as tensões.

    Mais:

    OTAN adotará nova estratégia militar por conta da 'ameaça nuclear' russa
    Mídia: em caso de guerra eletrônica, a Rússia terá enorme vantagem frente aos EUA e OTAN
    Caças de Taiwan pousam em estrada durante manobras militares (VÍDEO)
    Tags:
    manobras navais, navio de guerra, exercício militar, Marinha dos EUA, OTAN, mar Báltico, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar