13:08 18 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Caça F-16 da Força Aérea de Taiwan

    EUA suspendem venda de caças F-16 para Taiwan enquanto negociam com China

    © AP Photo / Wally Santana
    Defesa
    URL curta
    1291

    A administração de Trump suspendeu a venda de caças norte-americanos para Taiwan até concluir um acordo comercial com a China.

    A decisão foi tomada pela administração do presidente dos EUA, Donald Trump, por desejar assegurar em breve um acordo comercial com a China, informaram três funcionários da Administração ao portal TIME.

    O projeto de acordo comercial, que está em negociação, contribuiria para política de Trump, além de amenizar o mercado de ações, mas não resolveria muitos dos problemas de fundo na disputa comercial entre os EUA e a China, enfatizou um dos responsáveis oficiais norte-americanos sob condição de anonimato.

    A decisão dos EUA mostra o grau de complexidade em equilibrar as relações dos EUA com uma China cada vez mais poderosa contra o compromisso americano em ajudar Taiwan a se defender.

    Contudo, o presidente norte-americano Donald Trump afirmou que sua administração está "muito próxima de firmar um acordo" e acredita que os EUA e a China possam chegar a um acordo dentro de quatro semanas, ou talvez antes.

    A decisão inicial da Casa Branca, divulgada anteriormente, de aprovar tacitamente a venda de 60 caças F-16V da Lockheed Martin para Taiwan foi vista como uma demonstração de força dos EUA contra a China.

    Segundo os funcionários norte-americanos, a decisão do governo Trump não abalou Taiwan, que permanece confiante que a venda dos equipamentos será concluída depois de os EUA conseguirem firmar um acordo com a China.

    Vale ressaltar que a venda dos "obsoletos" caças F-16 para Taiwan incomodou Pequim, que mostrou claramente seu descontentamento com a possível venda, tanto é que Pequim respondeu com irritação ao comentar as negociações realizadas entre os EUA e Taiwan.

    Mais:

    Pentágono envia 2 navios de guerra ao estreito de Taiwan
    Temendo expansionismo chinês, Taiwan pede para comprar caças F-16 Vipers dos EUA
    Navios norte-americanos voltam a navegar pelo estreito estratégico de Taiwan
    Tags:
    acordo comercial, avião de combate, avião de ataque, avião de assalto, China, EUA, Taiwan
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar