14:59 23 Maio 2019
Ouvir Rádio
    Bombardeiro chinês H-6K

    Bombardeiros chineses são interceptados nas proximidades do Japão

    © AP Photo / Mark Schiefelbein
    Defesa
    URL curta
    8171

    A Força Aérea Naval do Exército Popular de Libertação da China (PLANAF) enviou dois bombardeiros Xian H-6G e uma aeronave de reconhecimento e guerra eletrônica Shaanxi Y-9JB ao mar da China Oriental.

    As aeronaves chinesas voavam no espaço aéreo entre as ilhas japonesas de Okinawa e Miyako, provocando a interceptação por parte de aeronaves da Força Aérea japonesa.

    Segundo o relatório divulgado pelo Ministério da Defesa do Japão, o espaço aéreo japonês não foi violado pelas aeronaves chinesas.

    No entanto, esta é a segunda intercepção japonesa de aviões militares chineses sobre o mar da China Oriental desde 30 de março, quando a China enviou quatro bombardeiros de longo alcance Xian H-6K, um avião Shaanxi Y-9JB, um avião Tu-154MD e pelo menos dois aviões de combate para a zona do estreito de Miyako.

    O estreito de Miyako está localizado entre as ilhas japonesas de Miyako e Okinawa, e é importante geopoliticamente por ser um dos únicos canais que permitem que a Marinha chinesa acesse o oceano Pacífico a partir do mar da China Oriental, sendo que a Marinha chinesa frequentemente utiliza o estreito para realizar seus exercícios militares.

    Vale ressaltar que as tensões entre os dois países aumentaram depois que a China anunciou a instalação de uma zona de defesa aérea sobre o mar da China Oriental em 2013, cobrindo as ilhas desabitadas de Senkaku, disputadas por ambos os países.

    Após a Segunda Guerra Mundial, as ilhas, que estão localizadas próximo de uma importante rota marítima, bem como de potenciais grandes áreas de petróleo e gás, eram controladas pelos EUA até Washington as devolver ao Japão em 1972.

    Por sua vez, a China insiste que Tóquio assumiu o controle das ilhas de forma ilegal.

    Mais:

    China poderia reforçar sua presença na América Latina após abandono da região por EUA?
    O que teria impulsionado China a enviar caças ao estreito de Taiwan?
    Críticas à Nova Rota da Seda são 'preconceito', acusa principal diplomata da China
    Tags:
    avião de combate, avião de ataque, avião de assalto, Bombardeiro, Japão, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar