23:14 21 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Caça Su-27

    Pentágono nega que avião russo tenha 'expulsado' bombardeiro americano do Báltico

    © Foto / Assessoria de imprensa do presidente ucraniano
    Defesa
    URL curta
    13711
    Nos siga no

    O Pentágono não concorda que o bombardeiro estratégico norte-americano B-52H tenha sido expulso por um caça russo Su-27 sobre o mar Báltico, comunicou à Sputnik o representante da entidade militar americana Eric Pahon.

    "O avião da Força Aérea dos EUA B-52H realizava operações rotineiras no espaço aéreo internacional segundo o princípio da liberdade de navegação e de voo. Em 20 de março, o B-52H teve um encontro ordinário com um Su-27 russo que efetuava operações sobre o mar Báltico", esclareceu o porta-voz do Pentágono.

    Pahon acrescentou que o Su-27 não expulsou o B-52H, que conseguiu completar a sua missão.

    Na véspera, o Ministério da Defesa da Rússia publicou um vídeo de caças russos escoltando um bombardeiro estratégico americano Boeing B-52H sobre as águas neutras do mar Báltico. Segundo o comunicado, dois caças Su-27 levantaram voo para identificar e acompanhar a aeronave dos EUA.

    De acordo com o Ministério, após o B-52H ter mudado de trajetória, distanciando-se da fronteira russa, as aeronaves russas voltaram à sua base.

    O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, declarou que o aparecimento do B-52H contribui para o aumento da tensão na região.

    Mais:

    EUA querem 'dissecar' sistema de defesa antiaérea da Rússia, diz analista
    Como submarino nuclear soviético abriu rombo em porta-aviões dos EUA
    Rússia desloca poderosos bombardeiros estratégicos Tu-22M3 para a Crimeia
    Caça russo Su-27 intercepta avião de reconhecimento americano sobre mar Báltico (VÍDEO)
    Tags:
    bombardeiro estratégico, escolta, Su-27, B-52, Pentágono, Eric Pahon, mar Báltico, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar