01:23 21 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Cerimônia de rolagem do bombardeiro modernizado russo Tu-22M3M, em Kazan

    NI admira estratégia 'peculiar' da modernização russa de aeronaves militares

    © Sputnik / Maksim Bogodvid
    Defesa
    URL curta
    19310

    A estratégia atual da Rússia de modernização da Força Aeroespacial, ligada à melhoria das características dos aviões da era soviética, mostra um excelente resultado, escreve National Interest.

    A revista americana escreve que a estratégia "peculiar" permite economia de considerável soma de dinheiro e, em pouco tempo, recebimento dos mais modernos e eficientes aviões.

    Como exemplo do sucesso da estratégia, a publicação destaca o bombardeiro russo Tu-22M3M, que é muito parecido com o antigo soviético Tu-22, mas suas características o tornam um moderno bombardeiro "mortífero", cuja produção em série está prevista para o ano que vem. Elaborando versão modernizada Tu-22M3M, Rússia decidiu manter o projeto da aeronave antecessora, mas com substituição de todos os equipamentos.

    Tu-22M3M recebeu radares inovadores, bem como sistemas de navegação e de guerra eletrônica. Foi equipado com uma cabine digital moderna e mecanismos de controle. Contudo, a principal novidade será a possibilidade de o Tu-22M3M utilizar o míssil de cruzeiro Kh-32.

    A munição, graças à sua altitude e velocidade de voo, bem como a entrada a pique no final do voo, é capaz de contornar defesa antimíssil. National Interest acrescenta que o novo míssil possui um alcance maior, sendo mais veloz em voo e possuindo proteção adicional com um sistema integrado de navegação inercial.

    A publicação destaca que a estratégia de modernização russa da Força Aeroespacial também está sendo realizada em outras aeronaves, desde o "radar voador" A-50U ao bombardeiro estratégico Tu-160M2, que dá confiança às Forças Armadas russas e permite manter alta prontidão de combate.

    Mais:

    Novo avião russo A-100 de alerta precoce realiza 2º voo de teste
    Bombardeiro Tu-160 russo vs B-1B Lancer estadunidense: qual é o melhor?
    NI avalia modernização do helicóptero 'mortífero' Mi-28
    Rússia equipará avião antissubmarino Il-38N com sistema modernizado
    Tags:
    modernização, Tu-22M3, The National Interest, Força Aérea, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar