18:04 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Сorvetas Stoiky e Boiky da Marinha da Rússia em uma base da Frota do Báltico (foto de arquivo)

    'Avanço novíssimo': por que sistema antissubmarino e antitorpedo russo é tão especial

    © Sputnik / Igor Zarembo
    Defesa
    URL curta
    5200

    O novíssimo sistema antissubmarino russo Paket já recebeu elogios por parte da mídia ocidental. Especialistas em armamentos explicam as razões desse interesse elevado e falam mais detalhadamente sobre a nova arma russa.

    Uma publicação recente da edição The National Interest foi dedicada às inéditas caraterísticas do moderno sistema russo. Os autores resumem, ao analisar suas peculiaridades, que o Paket, cujo nome russo pode ser traduzido como "pacote", é de fato inigualável pela sua universalidade e pelas capacidades tanto ofensivas como defensivas, sendo o único no mundo capaz de combinar defesa antissubmarino com defesa antitorpedo.

    Ao falar com o serviço russo da Rádio Sputnik, o diretor comercial do jornal Arsenal Otechestva, Aleksei Leonkov, revelou as particularidades do sistema.

    "Esse nome foi atribuído porque este sistema é equipado com dois tipos de torpedos que combatem alvos diferentes, um é usado contra submarinos, enquanto o outro é usado contra torpedos. Claro que eles se diferem pelas suas caraterísticas", contou ele, explicando que os torpedos antissubmarino são capazes de eliminar submarinos em profundidades de até 600 metros e em um raio de aproximadamente 20 quilômetros.

    Já os torpedos reativos antitorpedo M-15 se destinam a eliminar qualquer tipo dessas armas que se aproximem do navio em um raio de 1,5 quilômetro e em profundidades de até 800 metros. Enquanto isso, sua velocidade atinge cerca de 50 nós, ou seja, mais de 90 km/h.

    O especialista explicou que o interesse ocidental pelos sistemas poderia ter sido provocado pela recente demonstração deste sistema no mar Báltico, quando a corveta Stoiky e o navio antissubmarino Kalmykiya simularam um combate.

    "Kalmykiya representava o inimigo, que disparou um torpedo, e a Stoiky eliminou este torpedo com a ajuda do Paket, demonstrando a eficácia do sistema. Claro que, tendo visto as imagens desse 'duelo de torpedos', no estrangeiro ficaram interessados, pois lá não existe este tipo de sistemas especificamente nesta configuração", analisou Leonkov.

    Anteriormente, frisa ele, a Rússia também tinha sistemas antissubmarino e antitorpedo diferenciados, mas agora, com a chegada do Paket, a maioria dos navios russos pode passar a ser equipada com este armamento sem precedentes.

    O ex-comandante da Frota do Báltico, almirante Vladimir Valuev, também destacou à Sputnik as peculiaridades do novo sistema, assinalando que este já passou por testes em navios do projeto 20380, isto é, nas corvetas Stoiky e Boiky, bem como no submarino Varshavyanka.

    Segundo ele, o Paket integra uma estação hidroacústica especializada, que determina a localização e os parâmetros de movimento tanto do alvo, como do torpedo inimigo.

    "O sistema pode funcionar tanto de modo autônomo, como integrando o sistema de proteção antissubmarino e antitorpedo do navio. De modo automático, ele determina a posição dos alvos de acordo com os dados dos sistemas hidroacústicos do navio, detecta, classifica e determina os parâmetros de movimento dos torpedos que estão atacando o navio", explicou.

    Antes, as tarefas do Paket eram realizadas no posto de comando principal pelos operadores. Agora, contou o especialista, todas as informações desse tipo são processadas automaticamente, o que é um "avanço novíssimo", resume Valuev.

    Mais:

    Mídia ocidental dá alta apreciação a arma mortífera russa de combate de proximidade
    EUA 'desempoeiram' armas antigas para alcançar os modernos mísseis russos
    Rússia criará míssil-alvo hipersônico para testar armas avançadas
    Tags:
    torpedos, antissubmarino, corveta, Boiky, Stoiky, Paket, Frota do Báltico, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik