17:59 17 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Novo caça não tripulado chinês J-31

    China avança rumo à criação de uma força aérea de classe mundial

    © AFP 2018 / JOHANNES EISELE
    Defesa
    URL curta
    12376

    A Força Aérea do Exército Popular de Libertação da China irá aumentar presença no espaço para efetivação da criação de uma aviação estratégica de classe mundial.

    Os planos foram anunciados pelo Ministério da Defesa da China em comunicado oficial.

    "A primeira etapa corresponde à criação de uma aviação estratégica até 2020: início da construção de infraestrutura para aviação estratégica que terá capacidades integradas em espaço aéreo e cósmico e que também irá possuir características equilibradas tanto em operações de defesa como ofensivas", destaca-se.

    Trata-se da criação de um novo sistema baseado em armamento de quarta geração.

    Na segunda etapa, será criado um sistema completamente diferente dos atuais de tropas aéreas; a segunda etapa começará assim que todas as tarefas de 2020 forem concluídas.

    Ademais, até 2035 o gigante asiático planeja concluir a criação de uma força aérea ultramoderna.

    Na terceira etapa, marcada para meados deste século, as autoridades chinesas pretendem conceber uma força aérea de classe mundial para garantir posição de grande potência.

    Mais:

    China aumenta importação de petróleo para um nível sem precedentes
    EUA contra China: qual é o verdadeiro 'pomo da discórdia' entre as duas potências?
    China pretende dobrar comércio agrícola com Seul e Tóquio em 10 anos
    China e queda de preço do petróleo fazem bolsa de Nova York cair mais uma vez
    Tags:
    estrutura, modernização, militar, espaço, Exército Popular de Libertação, Força Aérea, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik