11:25 13 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Estande da Rosoboronexport (foto de arquivo)

    Empresa estatal registra crescimento da demanda de armamentos russos

    © Sputnik / Evgeny Biyatov
    Defesa
    URL curta
    191

    Uma parte significante da carteira de encomendas da exportadora estatal de armamentos Rosoboronexport foi formada por contratos com países árabes, enquanto a demanda de armamentos russos tem crescido, afirmou nesta segunda-feira (12) o diretor-geral da empresa, Aleksandr Mikheev.

    Mikheev fez declaração na véspera da 5º exposição aeroespacial Bahrain International Airshow 2018 que decorrerá de 14 a 18 de novembro na base aérea de Sahir, no reino de Bahrein.

    Na exposição, a empresa russa apresentará mais de 250 exemplares de armamento e equipamento bélico, muitos dos quais comprovaram suas características durante a operação antiterrorista na Síria. 

    "Os armamentos com o selo 'Feito na Rússia' desfrutam de uma elevada demanda por terem comprovado sua alta eficácia em condições adversas climáticas e de combate no ar, terra e mar", apontou Mikheev, citado pela assessoria de imprensa.

    De acordo com ele, há pouco a carteira de encomendas da Rosoboronexport atingiu recorde de US$ 50 bilhões (R$ 186 bilhões), tendo sua maior parte formada por contratos com países árabes.

    Mikheev assinalou que, para a Rosoboronexport, a exposição em Bahrein é uma boa oportunidade de demonstrar aos países do golfo Pérsico novíssimos desenvolvimentos russos na área de defesa.

    "Muitos exemplares apresentados para a Força Aérea e para as tropas da defesa antiaérea não possuem análogos no mundo ou seriamente ultrapassam seus competidores estrangeiros em características-chave", acrescentou o diretor da empresa.

    Espera-se que a maior atenção na exposição seja dada ao caça altamente manobrável Su-35, caças polivalentes MiG-29M/M2 e ao avião de treinamento Yuak-130. A empresa russa apresentará também o novíssimo avião-tanque Il-78MK-90A e o avião militar de transporte Il-76MD-90A.

    Além disso, Rosoboronexport apresentará helicópteros de combate e drones.

    Mais:

    Estratégia engenhosa: por que Pentágono não poupa elogios às armas russas?
    Estatal Rostec chama de 'roubo' ideia dos EUA de copiar armas russas
    EUA querem produzir armas russas, diz mídia
    Tags:
    aeroespacial, exibição, armas, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik