02:10 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    4260
    Nos siga no

    O número de mísseis de cruzeiro à disposição do Exército russo aumentou 30 vezes nos últimos seis anos, relatou o jornal das Forças Armadas russas, Krasnaya Zvezda.

    Além disso, a quantidade de portadores de baseamento terrestre, marítimo e aéreo cresceu mais de 12 vezes, diz a matéria do jornal.

    O aumento se deve antes de tudo à entrega de sistemas de mísseis tático-operacionais Iskander-M, bem como de navios e submarinos equipados com mísseis de cruzeiro Kalibr.

    A mídia também informou que o país está terminando o desenvolvimento de drones capazes de alcançar qualquer destino na Europa continental, se decolarem da região de Kaliningrado (parte mais ocidental da Rússia) ou de voar até o Canadá se partirem do distrito autônomo de Chukotka, no Extremo Oriente do país.

    "Estamos terminando o desenvolvimento de sistemas inovadores capazes de efetuar tarefas a uma distância de até três mil quilômetros", diz o artigo.

    Segundo informações, a Rússia criou nos últimos seis anos quase 40 unidades militares especializadas em veículos aéreos não tripulados, que receberam mais de 1,8 mil drones capazes de realizar operações de reconhecimento a distâncias de até 500 quilômetros.

    Mais:

    Moscou e Pequim avançam na cooperação militar e celebram novos contratos de armas
    Portas do protótipo de avião comercial sino-russo são abertas ao público (FOTOS)
    Tags:
    míssil de cruzeiro, drones, armamentos, Kalibr, Iskander, Forças Armadas da Rússia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar