14:16 19 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Mapa de objetos militares divulgada pela Autoridade de Segurança Nacional da Noruega

    Presente aos inimigos? Noruega revela localização de seus objetivos militares secretos

    © Foto : esri
    Defesa
    URL curta
    1112

    Um mapa digital publicado pelas autoridades norueguesas mostra as 239 zonas de exclusão aérea onde é proibido o voo de drones, deixando-as expostas a buscas e incluindo até mapas geográficos e fotos aéreas. Os especialistas receiam que a publicação possa ajudar serviços secretos estrangeiros e terroristas.

    A Autoridade de Segurança Nacional da Noruega publicou recentemente um mapa digital mostrando as localizações exatas de instalações das Forças Armadas, inclusive de antenas sensíveis e de infraestruturas secretas.

    No mapa se podem ver marcas vermelhas nos objetivos que anteriormente as autoridades tentaram manter em segredo, inclusive uma instalação que foi muitas vezes mencionada como o quartel-general do governo em caso de guerra. Alguns objetivos dos serviços secretos noruegueses também foram expostos com suas coordenadas exatas.

    Enquanto a ideia desta divulgação era destacar as áreas onde é proibido o uso de drones, ela provocou protestos por parte dos especialistas, que referiram que esta medida poderia minar a segurança do país.

    "Mesmo uma busca rápida mostra instalações facilmente identificáveis. É desastroso no que se trata de segurança operacional. Eu quase nem acredito que eles realmente fizeram isso", disse o comandante Svein Jarle Jacobsen, ex-chefe da Guarda Naval, citado pelo portal Aldri Mer.

    "Considero isso um assunto muito problemático. Acredito que este mapa não deveria ter sido publicado", opinou o pesquisador da Academia Marítima da Noruega, Stale Ulriksen, em um comentário para a emissora NRK. "Eu entendo que é importante ter uma proibição para drones, mas me parece que isso providenciou uma ferramenta de inteligência muito boa e prática para aqueles que querem causar danos à Noruega", adicionou.

    Ulriksen explicou que o mapa inclui muita informação sensível, o que poderia poupar muito tempo a qualquer serviço de inteligência. Ao ampliar simplesmente a imagem e compará-la com as fotos aéreas do local, qualquer um pode obter muitas informações úteis, destaca o especialista.

    "Isso proporciona às pessoas a oportunidade de viajar para aquelas áreas e descobrir mais sobre elas. Provavelmente, elas também serão investigadas através de satélites", disse Ola Kaldager, ex-chefe do departamento de inteligência E14, à NRK.

    Mais cedo, o parlamento do país adotou uma lei sobre a proibição do uso de drones para recolha de fotos ou dados, o que levou à impossibilidade de se fazer uma vista 3D da cidade de Oslo pela empresa Apple.

    Frode Skaarnes, vice-diretor do Departamento de Gestão de Segurança da Autoridade de Segurança Nacional da Noruega, explicou à NRK que desde a época da Guerra Fria, quando todas as instalações militares se mantinham em segredo, muita coisa mudou.

    "Refutar sua existência seria muito difícil hoje em dia, já que as fotos de satélites estão disponíveis", argumentou.

    Mais:

    Moscou pode instalar base militar na Venezuela para protegê-la do risco de intervenção?
    Fonte: EUA constroem nova base na fronteira entre Síria e Iraque
    Por que nova base militar estadunidense na Polônia se tornaria ameaça para toda a região?
    Tags:
    inteligência, drones, base militar, equipamentos militares, Noruega
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik