13:52 23 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Exercícios das unidades de defesa costeira da Frota do Mar Báltico com sistemas Bastion em um polígono na região russa de Kaliningrado

    Especialista militar avalia capacidades do sistema de defesa costeira Bastion

    © Sputnik / Igor Zarembo
    Defesa
    URL curta
    8240

    O Ministério da Defesa russo divulgou um vídeo de lançamento do míssil supersônico do sistema de defesa costeira Bastion. Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik o especialista militar Vladislav Shurygin indicou as vantagens principais do sistema.

    A 25 de setembro, O Ministério da Defesa russo publicou o vídeo dos treinamentos do Exército russo no Ártico onde pela primeira vez foi usado o sistema de defesa costeira Bastion, adotado em serviço do grupo tático da Frota do Norte na ilha Kotelny no mar de Laptev.

     

    Os militares russos lançaram com sucesso um míssil de cruzeiro antinavio supersônico Oniks contra um alvo marítimo à distância de mais de 60 km.

    "É um sistema de defesa costeira muito bom. Ele permite controlar mais de 600 quilômetros da costa. Como a velocidade do míssil de cruzeiro antinavio é de 750 metros por segundo, é extremamente difícil interceptá-lo", comentou ao serviço russo da Rádio Sputnik o especialista militar Vladislav Shurygin.

    Segundo ele, para interceptar tal míssil o inimigo deve se esforçar muito, criando um sistema de defesa antimíssil seguro.

    O Bastion tem o sistema de orientação "lançou e esqueceu", ou seja, é praticamente autônomo, quase um robô, destacou o especialista, acrescentando que essa é a sua vantagem principal.

    O sistema é capaz de atingir navios de superfície de variadas classes e tipos em condições de resistência de fogo e guerra eletrônica intensa. Pode ser usado de dia e de noite, em diversas condições climáticas, cada sistema inclui até 36 mísseis.

    Mais:

    Rússia usará pela 1ª vez Bastion com mísseis supersônicos no Ártico
    Rússia vai criar submarino nuclear para explorar subsolo do Ártico
    Por que 'dragão chinês' aspira a explorar o Ártico?
    Rússia desenvolve radar especial para drones utilizados na exploração do Ártico
    Tags:
    defesa costeira, mísseis de cruzeiro, teste, treinamento militar, Ministério da Defesa Russo, Ártico, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik