20:22 05 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    2170
    Nos siga no

    A Rússia está desenvolvendo novos modelos de armas antissubmarino, comunicou à Sputnik o diretor-geral do consórcio russo Tekhmash, Vladimir Lepin.

    "Estão sendo elaborados novos modelos de arma antissubmarino, que devido a suas características devem ultrapassar a bomba antissubmarino Zagon-2E", assinalou.

    A bomba aérea antissubmarino guiada Zagon-2E não possui motor e por isso não produz nenhum ruído. A arma pode permanecer suspensa sobre a superfície do mar durante 4 minutos. Nesse momento, a bomba utiliza seu sensor acústico com um alcance de 600 metros de profundidade para detectar os submarinos inimigos. O Zagon-2E é capaz de detectar o alvo a uma distância de até 450 metros.

    A bomba, que transporta cerca de 35 quilos de trinitrotolueno, é suficientemente potente para perfurar o casco de qualquer submarino. 

    Os desenvolvedores conseguiram triplicar a eficácia de destruição de alvos da Zagon-2E em relação a sua antecessora, Zagon-1. Além disso, o tempo para a bomba cumprir uma missão foi reduzido em três vezes.

    Mais:

    Frota do Pacífico da Rússia localiza submarino 'inimigo' durante manobras
    Águas 'quentes' da Síria: fragata russa persegue submarino nuclear dos EUA
    Tags:
    arma, antissubmarino, bomba, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar