14:32 10 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    AK-12

    Conheça o possível substituto do lendário fuzil AK-47

    © Sputnik / Vasily Raksha
    Defesa
    URL curta
    12434

    A série AK-12 e AK-15 contam com coronhas dobráveis, além de características derivadas dos fuzis anteriores, definindo o comprimento, o que permite um maior ajuste e adaptação para os soldados das tropas russas.

    Os fuzis AK-12 e AK-15 possuem calibres 945 mm (com a coronha estendida) e 725 mm (com a coronha rebatida), além de um cano de 415 mm, pesando aproximadamente 3,5 kg. Os fuzis ainda contam com uma taxa de disparo de 700 RPM e canos mais curtos que certamente serão bem recebidos pelas tripulações dos veículos e fuzileiros, podendo ser utilizados em diversas situações climáticas, assim como o lendário AK-47, conforme artigo publicado por Kyle Mizokami na revista The National Interest.

    O fuzil AK-47 foi uma criação de Mikhail T. Kalashnikov, um notável projetista de armas do exército soviético, onde começou como mecânico de tanque, após, tornou-se comandante de tanque. Ele projetou um novo fuzil para substituir os fuzis de assalto e submetralhadoras utilizados pelo exército soviético.

    O AK-47 foi adotado pelo exército soviético em 1947 e por anos foi considerado um segredo de Estado. Em 1960, ele foi substituído pelo AKM e AK-74, nos anos 70. Hoje as tropas russas utilizam uma versão modernizada, o AK-74M, adotado em 1991. Entretanto, o exército russo considera a necessidade de um novo fuzil. No caso, os fuzis AK-12 e AK-15 introduzem novas características, permitindo a utilização do estoque de munição existente.

    Desenvolvidos pela empresa de defesa, Kalashnikov Concern, o AK-12 e AK-15 são externamente semelhantes ao AK-74M, mas podem utilizar diferentes calibres. O AK-12 é carregado com cartuchos de 5,45 mm dos fuzis AK-74 e AK-74M, enquanto que o AK-15 é carregado com os antigos cartuchos 7,62 mm, utilizados no AK-47 e AKM. O AK-12 é um fuzil para as tropas de linha de frente no combate, enquanto que o AK-15 seria utilizado para combates internos e tropas reservistas.

    Esses fuzis ainda possuem controle ambidestro, incluindo seletor de segurança e disparo, além de mira telescópica e de ferro totalmente ajustáveis. Também poderá ser utilizado tanto por destros, quanto por canhotos, podendo ser utilizado somente com uma mão. Além disso, conta com o chamado "trilho Picatinny", que é um suporte para a instalação de equipamentos adicionais, como, colimador ótico de visão noturna, mira de ponto vermelho, telêmetros, lançadores de granadas, lanterna, designadores de alvo a laser, entre outros.

    Ambos os fuzis fazem parte da nova geração projetada para as tropas terrestres russas. O programa "Ratnik" conta com engenheiros russos que estão desenvolvendo mais de quarenta novos itens para as forças terrestres, incluindo novas armas de fogo, armas óticas, coletes, dispositivos de comunicação e navegação e até mesmo tendas.

    Tags:
    fuzil de assalto, defesa, Ratnik, AK-47, AK-15, AK-12, Kalashnikov Concern, Mikhail Kalashnikov, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik