10:56 15 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Avião C-130 Hercules da Força Aérea dos EUA

    NI revela quais mísseis russos serão o maior 'pesadelo' para EUA

    CC BY 2.0 / Força Aérea dos EUA
    Defesa
    URL curta
    4100

    Nova geração de mísseis russos da classe ar-ar de longo alcance representa uma ameaça à Força Aérea dos EUA, em particular, aos aviões com Sistema Aéreo de Alerta e Controle (AWACS), escreve o The National Interest.

    "Esses mísseis de longo alcance, junto com os caças-bombardeiros corretos, são capazes de impedir os EUA de realizar operações tanto na Europa, como no Círculo Ásia-Pacífico", destaca o observador do jornal, Dave Majumdar.

    Trata-se do míssil R-37 e do projeto do míssil KS-172. Se o interceptor supersônico MiG-31 e o caça multifuncional Su-57 forem equipados com esse tipo de armas, isso será útil para a aviação russa em caso de ataques contra aviões estadunidenses dotados de AWACS e JSTARS (Sistema de Radar de Vigilância e Ataque Conjunto) ou contra aeronaves de transporte e de reabastecimento Boeing KC-135 e KC-46.

    Os desenvolvedores do míssil R-37 acreditam que um caça bem armado será suficiente para atacar os aviões da OTAN, indica o editor-chefe do jornal Moscow Defense Brief, Mikhail Barabanov.

    Supõe-se que, durante o combate, a aeronave voando a alta velocidade se aproxima do alvo e lança vários mísseis R-37M. Provavelmente o alvo será monitorado por um radar Zaslon-M: as coordenadas e dados são fornecidos ao míssil até ser ativado o seu próprio radar.

    Ademais, a bordo do caça também poderá haver sistemas de pontaria para neutralizar possíveis interferências de sinais norte-americanos.

    Vale destacar que no futuro a Rússia poderia usar mísseis mais avançados, por exemplo, o KS-172. Ele possui um maior alcance, ou seja, 460 quilômetros em vez dos 370 quilômetros de alcance do R-37. Ao mesmo tempo, ainda não há informações concretas quanto ao desenvolvimento e produção de mísseis do projeto KS-172, conclui o especialista.

    Mais:

    Qual será versão de exportação dos mísseis russos Kalibr? Especialista revela diferença
    Anomalia impede lançamento do míssil balístico intercontinental dos EUA
    China teria testado seu análogo do míssil hipersônico russo Kinzhal
    Míssil de cruzeiro lançado de submarino russo Tomsk destrói 'adversário' (VÍDEO)
    Tags:
    Sistema Aéreo de Alerta e Controle (AWACS), míssil ar-ar, radares, longo alcance, The National Interest, Força Aérea, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik