16:06 13 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Dirigível norte-americano da classe K durante a 2ª Guerra Mundial

    Conheça os combates de guerra mais estranhos do século passado

    © Foto: Public Domain / U.S. Navy
    Defesa
    URL curta
    0 200

    Há vários casos de confrontos militares incomuns na história que aparentemente não deveriam ter acontecido. Um desses casos aconteceu há 75 anos, quando um dirigível norte-americano atacou um submarino alemão na costa da Flórida.

    Andrei Kots, colunista da Sputnik, relembrou os duelos mais incomuns do século passado.

    Dirigível contra submarino

    Em 18 de julho de 1943, um dirigível norte-americano K-74 sobrevoou o Estreito da Flórida em uma missão de rotina. Os norte-americanos usavam essas aeronaves equipadas com radares para patrulhar a costa em busca de submarinos inimigos. Quando detectavam um desses submarinos, a tripulação do dirigível enviava imediatamente as coordenadas do alvo para um avião antissubmarino.

    O piloto do dirigível K-74, o tenente Nelson Grills, avistou um submarino alemão durante a noite. Ao lado do submersível, havia dois navios norte-americanos: um petroleiro e um cargueiro. Temendo que o submarino tentasse atacá-los, Grills decidiu neutralizar o inimigo.

    O dirigível abriu fogo com metralhadoras pesadas e lançou várias bombas, uma das quais danificou o U-134. O submarino respondeu ao ataque com um canhão de 20 mm que derrubou a aeronave.

    A tripulação de dez homens do dirigível sobreviveu e o submarino se retirou rapidamente para reparar os danos. No dia seguinte, marinheiros norte-americanos resgataram a tripulação da aeronave. Todos foram salvos, exceto o mecânico Isadore Stessel — um tubarão o arrastou para a profundidade do oceano minutos antes do resgate.

    Helicóptero contra caça

    O helicóptero soviético de ataque Mi-24, apelidado de Krokodil (Crocodilo, em português), é reconhecido como uma aeronave eficiente para apoiar a infantaria, destruir tanques e fortificações. Além disso, o Mi-24 venceu várias batalhas contra outros helicópteros.

    Mas o duelo mais incrível aconteceu no Líbano. Em 8 de junho de 1982, um Mi-24 sírio atacou um comboio de veículos blindados israelenses. Os israelenses enviaram para o local dois caças Phantom que descolaram do aeródromo mais próximo.

    Um helicóptero quase não tem chance de enfrentar um caça. No entanto, quando os dois Phantom chegaram ao local, o piloto sírio fez uma manobra inesperada e disparou vários mísseis R-60 contra os caças. Resultado: um dos caças sofreu danos na parte frontal e o outro foi atingido na asa esquerda.

    Tanque contra avião

    O tanquista e comandante soviético Aleksandr Fadin realizou muitas proezas com seu tanque T-34, mas o caso mais extraordinário ocorreu no inverno de 1944.

    Durante a batalha pela cidade de Dashukovka, Fadin detectou um avião alemão de produção italiana Caproni.

    Fadin notou que o Caproni estava voando sobre a estrada ao longo da linha telefónica. A distância padrão entre os postes era de 50 metros. O operador do tanque calculou rapidamente a distância e lançou um projétil contra o avião. Pela primeira vez na história, um avião foi abatido pelo canhão de um tanque.

    Mais:

    Novo documentário revela como a URSS venceu Hitler na Segunda Guerra Mundial (VÍDEO)
    Submarino soviético da época da 2ª Guerra Mundial é encontrado no mar Báltico
    Visite o bunker nazista labiríntico projetado para esconder tropas de Hitler (VÍDEO)
    Tags:
    guerra, combates, helicóptero, tanque, dirigível, caça, Segunda Guerra Mundial, Líbano, Reino Unido, Alemanha, União Soviética, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik