14:27 19 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Soldados dos EUA participam das manobras Iron Wolf 2016, Lituânia

    Será que EUA vão retirar suas tropas da Alemanha?

    © AP Photo / Mindaugas Kulbis
    Defesa
    URL curta
    512

    Na cúpula da OTAN que se realizará em 11-12 de julho em Bruxelas, os EUA podem ameaçar retirar os 35 mil militares norte-americanos das bases da OTAN na Alemanha caso Berlim se recuse a aumentar o orçamento militar, revelou uma fonte.

    Essa fonte diplomática em Bruxelas disse que se espera que o presidente dos EUA, Donald Trump, exija dos aliados o aumento obrigatório das despesas militares para 2% do PIB até meados de 2020.

    "Caso Berlim se recuse a aumentar as despesas em defesa de acordo com a exigência, os EUA podem ameaçar a Alemanha com a retirada de 35 mil militares das bases militares da OTAN no território do país", disse o interlocutor da Sputnik.

    Anteriormente, a chanceler alemã, Angela Merkel, declarou que nos próximos dez anos a Alemanha vai aumentar as despesas em defesa até 2% do PIB, o que é obrigatório para os países-membros da OTAN e foi acordado na cúpula em 2014 em Bucareste. Conforme Merkel, em 2019 o país vai aumentar o orçamento militar para 1,34% do PIB e, até 2025, para 1,5%.

    Donald Trump apelou repetidamente aos parceiros da aliança para implementarem os acordos alcançados em Bucareste, caso contrário poderá reduzir a participação dos EUA nos programas comuns de segurança dos países da aliança.

    De acordo com o diário Washington Post, o Pentágono está analisando o custo e consequências da retirada de grande escala e transferência das tropas deslocadas na Alemanha em meio às tensões crescentes entre Trump e Merkel.

    Conforme os dados da mídia, atualmente na Europa há 60 mil militares estadunidenses, posicionados na Alemanha, Holanda, Bélgica, Luxemburgo e Itália.

    Mais:

    Cansados com guerras dos EUA, alemães bloqueiam base aérea americana (FOTOS)
    Vigiando submarinos russos? EUA posicionam grupo aeronaval no Atlântico
    Trump culpa aliados da OTAN por gastos insuficientes na defesa
    Tags:
    defesa, despesas, cúpula, OTAN, Angela Merkel, Donald Trump, Alemanha, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik