14:28 19 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Caças russos Su-57 durante o Salão Internacional de Aviação MAKS 2017, em Moscou

    Caça russo Su-57 custa 2,5 vezes menos do que jato americano F-35, diz parlamentar

    © Sputnik / Yevgeny Biyatov
    Defesa
    URL curta
    14454

    O caça russo da quinta geração Su-57 vai custar 2,5 vezes menos do que os seus análogos norte-americanos F-35 e F-22, declarou à Sputnik o membro do Conselho de Especialistas da Duma de Estado, Vladimir Gutenev.

    O jato russo da quinta geração Su-57 que atualmente está sendo testado e se preparando para entrar em serviço da Força Aeroespacial da Rússia, vai custar 2,5 vezes menos do que os seus análogos norte-americanos F-35 e F-22, declarou à Sputnik o membro do Conselho de Especialistas da Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo) para Indústria de Aviação, Vladimir Gutenev.

    Ele disse que quatro caças russos de quinta geração Su-57 efetuaram "batismo" na operação antiterrorista na Síria.

    "É provável que a presença de quatro nossos caças Su-57 na Síria tenha permitido obter mais informação sobre as capacidades dessa máquina de detectar [com ajuda do equipamento radioeletrônico a bordo] os jatos F-22 e F-35 norte-americanos que atuam no mesmo teatro de ações militares", acrescentou Gutenev.

    Em fevereiro, o ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, comunicou que dois caças Su-57 durante dois dias executaram o programa de testes na Síria.

    Conforme o jornal russo Izvestia, agora o Ministério da Defesa da Rússia está terminando o teste dos mísseis de longo alcance da classe ar-ar R-37M com os quais serão equipados os caças da quarta e quinta gerações, em especial o Su-57.

    Esse míssil é capaz de atingir alvos aéreos à distância de mais de 300 quilômetros. Nesta característica, o R-37M supera o seu concorrente AIM-120 AMRAAM que está em serviço dos países da OTAN. O peso do míssil ultrapassa os 500 quilogramas, e na etapa final de voo ele pode atingir a velocidade de 7.350 km/h. No entanto, outras características táticas e técnicas não são reveladas.

    Em 30 de junho, se torou conhecido sobre o primeiro contrato sobre o fornecimento às tropas de 12 aviões Su-57. As máquinas devem ser entregues ao exército em 2019.

    Mais:

    Caça Su-57 russo será uma das 'máquinas mais potentes do mundo'
    'Escolha ideal': mídia explica por que Su-57 é incomparável com F-35
    Caça Su-57 é a melhor alternativa ao F-35 estadunidense para Turquia, diz analista
    Tags:
    míssil ar-ar, caça, Su-57, F-22, F-35, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik