21:25 20 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Lanzagranadas ruso AGS-40

    Rússia mostra novo lança-granadas que supera todos os antecessores

    © Sputnik / Evgeny Biyatov
    Defesa
    URL curta
    2193

    O exército russo mostrou o novo lança-granadas automático AGS-40 Balkan que por agora está passando testes de campo.

    Os especialistas militares falaram com a Sputnik sobre a possível utilização desse tipo de armas e sua eficácia em combate.

    Segundo o especialista Sergei Makarov, esse tipo de armas é "extremadamente eficaz nas mãos de uma equipe bem preparada" e não tem preço quando usado em combate.

    Os lança-granadas automáticos são indispensáveis em um terreno acidentado e em combates urbanos, onde o inimigo pode se esconder atrás de diferentes construções. 

    "Os lança-granadas automáticos são especialmente eficazes em condições urbanas", sublinhou o editor-chefe da revista Arsenal Otechestva, Viktor Murakhovsky.

    Devido ao seu grande ângulo de tiro, os lança-granadas podem atingir o inimigo quando ele se encontra protegido por muros e construções similares. Além disso, "mesmo que o inimigo sobreviva ao ataque de uma granada, costuma ficar neutralizado pela grande quantidade de estilhaços", disse o tenente-coronel aposentado Vasily Savin.

    Os lança-granadas também podem ser usados como ferramenta de proteção. Makarov afirmou que, graças à sua rapidez de fogo, podem ser lançadas várias granadas de fumaça, permitindo que os militares mudem de posição. Por isso o AGS é "muito cômodo e eficaz na destruição da infantaria", explicou Vasily Savin.

    Apesar de ter um maior calibre e melhores caraterísticas técnicas que os congêneres anteriores, o Balkan "conseguiu manter o mesmo peso e dimensões que o AGS-30", destacou o general coronel Sergei Kuzin.

    Ele acrescentou que o Balkan pesa 32 quilogramas, consideravelmente menos que seu análogo norte-americano Mark 47 Striker, que pesa 42 quilogramas. O lança-granadas HK GMG, por sua parte, pesa ainda mais.

    O novo lança-granadas automático russo tem um calibre de 40 milímetros, superior ao dos seus antecessores, o AGS-17 e o AGS-30 e, segundo Kuzin, deveria ter maior potência de fogo.

    "Se os AGS-17 e AGS-30 mostraram capacidades tão boas, então o lança-granadas de 40 milímetros será consideravelmente mais potente", comentou Makarov.

    O novo lança-granadas está agora realizando provas no Exército com uma duração mínima de um ano. O Balkan será submetido a diferentes condições climáticas, onde deverá enfrentar poeira, água e neve.

    Também será usado em manobras militares com fogo real e alguns deles serão enviados a regiões em estado de guerra. Se passar com êxito todas estas provas, o Balkan será adotado pelo Exército russo.

    Tags:
    armamento, lança-granadas, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik