16:00 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Caça norte-americano F-35

    Turquia esclarece que 'satisfará necessidades em outro lugar' se EUA não venderem F-35

    CC BY 2.0 / Heath Cajandig
    Defesa
    URL curta
    6210

    O chanceler turco, Mevlut Cavusoglu, anunciou nesta quarta-feira (30) a postura de Ancara sobre a aquisição de caças F-35.

    Turquia declarou que conseguirá outros caças se os Estados Unidos não venderem os F-35 da Lockheed Martin, segundo comunicou o ministro turco das Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu, informa The Jerusalem Post.

    "Em relação a caças F-35, eu pessoalmente não tenho nenhuma preocupação por se tratar de um contrato jurídico, sendo, assim, simplesmente impossível anulá-lo. Se esses aviões não forem entregues a nós, então satisfaremos nossas necessidades em outro lugar", disse o chanceler ao canal NTV.

    Em declarações a jornalistas da emissora CNN Turk, no fim de visita oficial à Alemanha, Cavusoglu expressou a vontade de Ancara de cobrir suas necessidades armamentistas recorrendo a outros fornecedores que não seja Washington, se os Estados Unidos se negarem a prover os aviões militares.

    Na última quinta-feira (24), o Senado dos EUA aprovou um projeto de lei do orçamento militar da Defesa no valor de 716 bilhões de dólares (2,6 trilhões de reais), que inclui uma medida que impede o fornecimento de caças de quinta geração F-35 para a Turquia, por causa das tentativas de Ancara de comprar complexos de mísseis russos S-400.

    Mais:

    Comunicar-se ou ser invisíveis: dilema da 'cooperação' do F-35 e F/A-18
    Estaria Israel tentando esconder da Turquia 'capacidades melhoradas' do F-35?
    Turquia pode optar por comprar caças russos Su-57 em vez de norte-americanos F-35?
    Foi F-35 israelense que causou falha no sistema de defesa antiaérea da Síria?
    General israelense conta sobre 1º uso militar de caças F-35
    Tags:
    sistema antimísseis, avião militar, fornecedores, boicote, caça russo, caça, caças de quarta geração, visita oficial, turcos, ministro, chanceler, s-400, F-35, Mevlut Cavusoglu, Alemanha, Washington, EUA, Ancara, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik