16:51 22 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Um soldado mostra equipamento militar Ratnik no âmbito de exercícios militares na região de Moscou.

    Equipamento russo Ratnik superará análogos estrangeiros

    © Sputnik / Alexey Filippov
    Defesa
    URL curta
    5220

    As forças terrestres russas continuam a equipar seus soldados com o sistema de combate Ratnik.

    O equipamento militar promissor russo Ratnik superará o equipamento análogo dos exércitos de outros países, inclusive dos EUA, em termos de proteção balística, alcance da detecção de alvos, eficácia de fogo e outros parâmetros, afirmou o comandante das Forças Terrestres da Rússia, coronel-general Oleg Salyukov.

    "O equipamento promissor [russo] vai superar o dos exércitos estrangeiros, incluindo dos EUA, pelos seguintes indicadores: peso, resistência a tiros e fragmentos, alcance da detecção e identificação de alvos por meios de pontaria óticos e eletrônicos […] amplitude térmica da exploração dos elementos do equipamento", afirmou Salyukov em entrevista ao jornal Krasnaya Zvezda.

    De acordo com ele, o equipamento russo "em geral corresponde aos melhores análogos estrangeiros, mas supera consideravelmente em meios de proteção individual – com uma massa menor em 2,5 quilos o equipamento assegura uma proteção 1,3 vezes maior dos órgãos vitais do militar", explicou.

    Salyukov frisou que, no âmbito da exploração controlada dos elementos do equipamento Ratnik nos anos de 2016 e 2017, foram realizados testes comparativos de fuzis desenvolvidos pelo consórcio Kalashnikov (AK-12, AK-15) e pela Fábrica Degtyarev (6P67, 6P68).

    Segundo o general, os militares das tropas terrestres, das Tropas Aerotransportadas e fuzileiros navais preferiram os fuzis AK-12 e AK-15, enquanto seus colegas das Forças das Operações Especiais deram preferência aos 6P67 e 6P68 devido à especificidade de suas missões.

    Além do mais, Oleg Salyukov assinalou que o equipamento promissor prevê a incorporação de sistemas de mini e micro robôs, bem como de drones. Para reforçar as capacidades físicas dos militares, está planejada a incorporação de exoesqueletos.

    O general contou também que foi desenvolvido e fabricado um módulo eletrônico para análise do estado funcional do militar, capaz de funcionar em regime autônomo, bem como integrado no sistema de comando, permitindo registrar em regime de tempo real os parâmetros fisiológicos do organismo. Em breve, o módulo será testado em unidades das tropas terrestres, concluiu Salyukov.

    Mais:

    Equipamento russo Ratnik vai proteger soldados de impacto de bala na virilha
    Por que Ratnik-3 russo é um 'sistema avançado de combate da infantaria'
    Tags:
    equipamento militar, Ratnik, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik