08:25 28 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Defesa
    URL curta
    3163
    Nos siga no

    Rússia prevê desmontar dois dos três maiores submarinos do mundo do Projeto 941 Akula (Typhoon, na designação da OTAN), informou à Sputnik uma fonte da construção naval.

    "Foi tomada a decisão de desmontar os submarinos Severstal e Arkhangelsk, já que seu uso posterior não seria rentável", declarou a fonte, adicionando que a desmontagem está prevista para 2020.

    Além disso, a fonte comunicou que os navios já estão fora de serviço.

    A fonte indicou que o único submarino da classe Akula, que permanece em serviço da Marinha russa, é o Dmitry Donskoi que efetua manobras com o míssil balístico russo Bulava.

    Na época da União Soviética foram construídos seis submarinos da classe Akula, que incluía os projetos 941 e 941UM.

    Após a desintegração da URSS, a Marinha da Rússia incorporou três desses submarinos: Severstal, Arkhangelsk (projeto 941) e Dmitry Donskoi (941UM), adaptados para transportar mísseis estratégicos Bulava.

    Os submarinos da classe Akula, com deslizamento máximo de 49.800 toneladas, 172 metros de comprimento e 23,3 metros de largura, são considerados os maiores do mundo.

    Mais:

    Submarino nuclear russo Khaski poderá funcionar por mais de 50 anos
    Arma perfeita com mísseis hipersônicos: tudo sobre novo submarino russo de 5ª geração
    Conheça 'peixe dourado': o submarino mais rápido alguma vez construído na URSS
    Marinha da Rússia testará capacidades do seu novo submarino estratégico Knyaz Vladimir
    Tags:
    manobras navais, submarino nuclear, míssil balístico, serviço militar, Dmitry Donskoi, Akula, Bulava, Marinha da Rússia, URSS, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar